Uma proposta de preparação física em tenistas de 13 a 17 anos a partir dos resultados obtidos em testes de aptidão física

Augusto César Ferreira de Moraes, Carmem Patrícia Barbosa, Humberto Garcia de Oliveira

Resumo


O tênis de campo é um esporte em amplo desenvolvimento no Brasil nos últimos anos, e com este constante crescimento torna-se necessário estudar as variáveis que influenciam o desenvolvimento motor destas atividades. O presente estudo teve como objetivo central planejar, desenvolver e aplicar cargas de trabalho no treinamento físico em cinco tenistas - quatro rapazes e uma moça - da faixa etária de doze a dezesseis anos, verificando o desenvolvimento das capacidades motoras específicas do tênis: velocidade, agilidade, resistência anaeróbica lática e potência muscular dos membros inferiores e superiores. O método utilizado para estruturar os treinos foi o método pendular, proposto por Manso et al (1996, apud GOMES 2002), que consiste em variar as capacidades motoras em cada sessão de treino e alternar suas prioridades, e ao final de cada microciclo retornar às capacidades motoras já trabalhadas. O planejamento dos treinos consistiu em três sessões semanais de noventa minutos cada, durante seis meses. O tratamento estatístico utilizado foi o teste t dependente de Student. Os principais resultados obtidos mostraram que as capacidades motoras agilidade, capacidade anaeróbica e potência muscular dos membros superiores apresentaram um significante p<0,05, entretanto as outras capacidades biomotoras - velocidades biomotoras - velocidade e potência muscular dos membros inferiores - tiveram melhoras lineares durante a aplicação do estudo, porém não significantes estatisticamente. A partir desses resultados, concluiu-se que a metodologia utilizada de treinamento desenvolveu gradativamente todas as capacidades motoras que têm relação direta com o desempenho do desporto, apesar de algumas não terem apresentado significância estatística.

Palavras-chave


tênis de campo; preparação física; treinamento e planejamento

Texto completo:

Artigo_pdf


Iniciação Científica Cesumar
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9192 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1518-1243 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.