Casa dos Artistas em Ilhéus: Cultura Popular a Serviço da Formação de Plateia

Tacila Aparecida de Sousa, Reheniglei Rehem

Resumo


Este artigo tem como tema a Casa dos Artistas de Ilhéus e como objetivo pesquisar a sua história, economia e cultura, de forma que a memória desta instituição seja apresentada à comunidade local e acadêmica como incentivo à sua sustentabilidade nesses três aspectos. A metodologia utilizada é do tipo qualitativo-descritivo, desenvolvida a partir da análise de documentos e outras fontes respaldadas em Rehem (2001); Vinhaés (2001); Sarlo (2001); Campos (2006); Simões (2006); Voisin (2006); Dias e Carrara (2007); Costa e Gândara (2009) e Souza (2009). Destacar a Casa dos Artistas é discutir as crises financeiras, a primeira em meados de 2005 e a segunda em 2009 que quase fecharam suas portas. Isto se não fossem iniciativas dos artistas de Ilhéus, que a reergueram com produções e eventos culturais e literários ainda hoje por eles mantidos e em funcionamento. Portanto, consideramos que a Casa dos Artistas de Ilhéus produz cultura e divulga o contexto histórico e econômico regional, além de contribuir para o turismo e a cultura local, promove um pólo de oportunidades e de desenvolvimento que tem a valorização do regional como foco absoluto.

Palavras-chave


Cultura; Casa dos Artistas; Ilhéus; Turismo.

Texto completo:

Artigo_pdf


Iniciação Científica Cesumar
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9192 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1518-1243 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.