A Técnica Metodológica do Grupo Focal: Uma Contribuição na Investigação das Concepções que Compõem a Identidade Docente

Paula Peclat de Oliveira dos Santos, Angelina de Melo Vieira

Resumo


Este artigo apoia-se em autores críticos, tais como: Arroyo (2000); Gatti (2005); Guimarães (2003; 2006); Silva (2003), entre outros, e tem por objetivo apresentar estudo preliminar de noções teóricas sobre a identidade e sobre um dos procedimentos metodológicos, ou seja, a técnica do grupo focal a ser utilizada na pesquisa sobre integração e concepções de professores, em andamento no Polo III da Regional Sul de Cuiabá. É um instrumento metodológico pouco utilizado em nosso meio, no entanto, eficaz para coleta de dados a partir do debate em pequenos grupos focado em assuntos específicos. Ressalta-se que a notoriedade do grupo focal em pesquisas qualitativas está em sua contribuição na investigação de concepções que dificilmente são captadas por outras técnicas. A utilização desta técnica consistirá em identificar as concepções que professores têm de si mesmos, dos alunos, da escola, da gestão escolar e do processo ensino-aprendizagem, com uma amostra de 25% dos professores deste Polo. Para além da contribuição no processo de investigação, esperam-se avanços na formação continuada dos participantes e uma ação mais consciente no processo educativo da instituição escolar.

Palavras-chave


Identidade; Grupo Focal; Concepções de Professores

Texto completo:

PDF


Iniciação Científica Cesumar
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9192 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1518-1243 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.