A Educação no Livro VII da República de Platão

Heloísa Mesquita Favaro, Reginaldo Aliçandro Bordin

Resumo


O presente trabalho procurou estudar a educação em Platão, especialmente na “Alegoria da Caverna”, texto que expressa suas principais concepções filosóficas e pedagógicas. Platão deu importante contribuição para a educação, em vista de sua finalidade: preparar o homem para o exercício da vida pública, além de outros agentes de manutenção social. Em seu programa pedagógico, propôs esmerada formação filosófica e moral aos que iriam conduzir o Estado, para melhorá-lo, enquanto o ensino da música, da matemática e dos exercícios físicos eram elementos obrigatórios na educação dos que iriam defender a coletividade. O mínimo de conhecimento era oferecido aos responsáveis pela manutenção econômica. Com essa proposta, Platão deu um novo direcionamento pedagógico ao homem grego, ao privilegiar uma educação que enfatizava a formação intelectual e moral, uma vez que pretendia qualificar o homem para participar efetivamente da vida social - inclusive como chefe de Estado - segundo suas próprias necessidades.

Palavras-chave


Educação; Platão; Antigüidade; Education; Plato; Antiquity.

Texto completo:

Artigo_Pdf


Iniciação Científica Cesumar
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9192 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1518-1243 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.