Produção de Plantas Medicinais Adubadas com Torta de Filtro

Ed Carlos Vicente, Eduardo Maia, Pérsio Sandir D’Oliveira

Resumo


Este trabalho foi realizado para avaliar a produção de babosa (Aloe vera L.), capim-limão (Cymbopogon citratus Stapf), erva-cidreira-brasileira (Lippia alba L.) e hortelã (Mentha spp.), adubadas com torta de filtro. O experimento foi conduzido em condições de campo, num delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e três repetições por tratamento. As mudas foram obtidas por via vegetativa. A torta de filtro foi aplicada no plantio, na dose de 2,5kg/m², e não foi feita adubação de cobertura. O corte ocorreu aos 240 dias após o plantio, tendo sido medidos os seguintes parâmetros: sobrevivência de mudas, altura da planta, biomassa fresca e seca da parte aérea e rendimento de óleo essencial. Não houve diferenças quanto à sobrevivência de mudas, exceto para hortelã, que teve o pior resultado; a maior altura foi observada em erva-cidreira-brasileira, seguida pelo capim-limão, babosa e hortelã. A biomassa fresca e seca do capim-limão foi mais alta, seguida pela erva-cidreira-brasileira e hortelã. A babosa, o capim-limão e a erva-cidreira-brasileira podem ser produzidos usando-se torta de filtro como adubo orgânico.

Palavras-chave


Agronegócio; Plantas medicinais; Sustentabilidade; Agribusiness; Medicinal plants; Sustainability.

Texto completo:

Artigo_Pdf


Iniciação Científica Cesumar
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9192 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1518-1243 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.