DESENVOLVIMENTO DE MAQUIAGEM MULTIFUNCIONAL: BATOM COM PROPRIEDADE FOTOPROTETORA, EMOLIENTE E HIDRATANTE

Iris Ramos Torres Giovanini, Priscila Elias Alves, Luciana Betzler de Oliveira de Siqueira, Luan Letieri Belem Martins, Elisabete Pereira dos Santos

Resumo


Ao longo dos últimos anos, as fórmulas cosméticas têm evoluído consideravelmente, tornando os produtos para maquiagem excelentes coadjuvantes para tratar e proteger a pele e seus anexos. Sabe-se que o uso de fotoprotetores de amplo espectro de absorção ultravioleta é essencial na prevenção de neoplasias cutâneas, principalmente de áreas que sofrem exposição diária ao sol, incluindo os lábios. Desta forma, este trabalho tem como objetivo o desenvolvimento de uma formulação de batom de diferentes cores (marrom, vermelho, rosa e roxo), com propriedades que visam não só promover emoliência, hidratação e coloração aos lábios, mas também oferecer proteção contra os raios ultravioletas (UV). Os resultados obtidos indicam que os valores de FPS (Fator de Proteção Solar) das amostras de batons permaneceram na categoria de alta proteção, com capacidade de manter a retenção de água na pele, fácil espalhamento sobre o lábio, dureza condizente com o tipo de produto e baixa possibilidade de deterioração oxidativa. Desta forma, os batons desenvolvidos apresentam características comerciais desejáveis de hidratação, coloração e emoliência, além de alta fotoproteção, podendo atuar na prevenção de câncer labial.

Palavras-chave


Batom; Protetor solar; Neoplasia labial; Hidratação; Multifuncional

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE HIGIENE PESSOAL, PERFUMARIA E COSMÉTICOS. Panorama do setor. 2017. Disponível em: https://abihpec.org.br/publicacao/panorama-do-setor-2017/. Acesso em: 27 abr. 2019.

BASF. Sunscreen simulator. 2010. Disponível em: https://www.sunscreensimulator.basf.com/Sunscreen_Simulator/login. Acesso em: 27 abr. 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Guia de controle de qualidade de produtos cosméticos. 2. ed. Brasília: ANVISA, 2007.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC nº 30, de 1 de junho de 2012. Aprova o Regulamento técnico Mercosul sobre protetores solares em cosméticos. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 4 jun. 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC nº 270, de 22 de setembro de 2005. Aprova o Regulamento técnico para óleos vegetais, gorduras vegetais e creme vegetal. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 23 set. 2005.

CERQUEIRA-COUTINHO, C.; SANTOS-OLIVEIRA, R.; SANTOS, E.; MANSUR, C. R. Development of a photoprotective and antioxidant nanoemulsion containing chitosan as an agent for improving skin retention. Engineering in Life Sciences, v. 15, n. 6, p. 593-604, 2015.

CHARLET, E. Cosmética para farmacêuticos. Zaragoza, España: Editorial Acribia, 1996.

COSTA, C. Cosméticos decorativos. Cosmetics & Toiletries, v. 13, p. 56-62, 2001.

DAHER, C. C. Desenvolvimento de emulsões O/A contendo extrato glicólico de açaí e avaliação da atividade fotoprotetora. 2014. 114 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Faculdade de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.

DIFFEY, B. L.; TANNER, P. R.; MATTS, P. J.; NASH, F. In vitro assessment of the broad-spectrum ultraviolet protection of sunscreen products. Journal of the American Academy of Dermatology, v. 43, n. 6, p. 1024-1035, 2000.

ENGASSER, P. G. Lip cosmetics. Dermatologic Aspects of Cosmetics, v. 18, n. 4, p. 641-649, 2000.

FERNANDES, A. R.; DARIO, M. F.; PINTO, C. A. S. de O.; KANEKO, T. M.; BABY, A. R.; VELASCO, M. V. R. Stability evaluation of organic lip balm. Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 49, n. 2, apr./jun., 2013.

GALLAGHER, R. P.; LEE, T. K. Adverse effects of ultraviolet radiation: a brief review. Progress in Biophysics Molecular Biology, v. 92, p. 119-131, 2006.

GONTIJO, G. T.; PUGLIESI, M. C. C.; ARAÚJO, F. M. Fotoproteção. Surgical & Cosmetic Dermatology, v. 1, n. 4, p. 186-192, 2009.

HAYATI, F.; CHABIB, F. Formulation and evaluation of herbal lipsticks from carrot (Daucus carota L) extract. International Journal of Pharmacy and Pharmaceutical Sciences, v. 8, n. 3, p. 403-405, 2016.

HERNANDEZ, M.; MADELEINE, M.; FRESNEL, M. Manual de cosmetologia. 3. ed. Rio de Janeiro: Revinter, 1999. p. 216-219.

INCA. Tipos de câncer: boca. 2018. Disponível em: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/boca/definicao. Acesso em: 15 jul. 2018.

KHURY, E.; BORGES, E. Protetores solares. Revista Brasileira de Medicina, v. 68, n. 4, p. 4-18, 2011.

KRUTHIKA, S.; RAM, S. S.; AHMED, S. A.; SADIQ, S.; MALLICK, S. D.; SREE, T. R. Formulation and evaluation of natural lipstick from coloured pigments of beta vulgaris taproot. Research and Reviews: Journal of Pharmacy and Pharmaceutical Sciences, v. 3, n. 3, p. 65-71, jul./set. 2014.

LABSPHERE. User manual UV-2000S ultraviolet transmittance analyzer. AQ-02755-000, Rev. 3. North Sutton: Labsphere, Inc., 2008.

MAJUMDAR, S. H.; KAKADIYA. B. L. Designing medicated lipstick for anti-fungal therapy. Indo American Journal of Pharmaceutical Research, v. 5, n. 2, 2015.

MANSUR, M. C. P. P. R. et al. In vitro and in vivo evaluation of efficacy and safety of photoprotective formulations containing antioxidant extracts. Brazilian Journal of Pharmacognosy, v. 26, n. 2, p. 251-258, mar./apr. 2016.

MIKSA, S.; LUTZ, D.; GUY, C. New approach for a reliable in vitro sun protection factor method. Part I: principle and mathematical aspects. International Journal of Cosmetic Science, v. 37, n. 6, p. 1-12, 2015.

MIKSA, S.; LUTZ, D.; GUY, C. Sandblasting to improve the reproducibility of in vitro sunscreen evaluation. Cosmetics & Toiletries, v. 129, n. 3, p. 30, 2014.

OLIVEIRA, F. F. Contribuição da análise térmica no desenvolvimento de formulações de batons. 2003. Dissertação (Mestrado em Química) - Instituto de Química, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

PALM, M. D.; O’DONOGHUE, M. N. Update on photoprotection. Dermatologic Therapy, n. 20, p. 360-76, 2007.

PEREIRA-FILHO, F. J. F.; VANDERLEI, J. P. M.; MELLO-FILHO, F. V. Epidemiologia do carcinoma espinocelular de lábio: experiência do Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Revista Brasileira de Cirurgia Craniomaxilofacial, v. 14, n. 4, p. 190-193, 2011.

PISSAVINI, M. et al. Determination of the in vitro SPF. Cosmetics & Toiletries, v. 118, n. 10, p. 63-72, 2003.

PRUNIÉRAS, M. Manual de cosmetologia dermatológica. 2. ed. São Paulo: Andrei, 1994. p. 110-199.

REDA, S. Y.; CARNEIRO, P. I. B. Óleos e gorduras: aplicações e implicações. Revista Analytica, n. 7, 2007.

TAGLIARI, M. P.; STULZER, H. K. Aspectos gerais da tecnologia de batons. Cosmetic & Toiletries, v. 19, n. 2, p. 72-75, 2007.

TEERANACHAIDEEKUL, V. et al. Influence of oil content on physicochemical properties and skin distribution of Nile red-loaded NLC. Journal of Controlled Release, v. 128, n. 2, p. 134-141, 2008.

VELASCO, M. V. R. et al. Associação da rutina com p-metoxicinamato de octila e benzofenona-3: avaliação in vitro da eficácia fotoprotetora por espectrofotometria de refletância. Latin American Journal of Pharmacy, v. 27, n. 1, p. 23-27, 2008.

VELASCO, M. V. R. et al. New biological analytical methods for photoprotection effectiveness testing (in vitro) - a review. Journal of Basic and Applied Pharmaceutical Sciences, v. 32, n. 1, p. 27-34, 2011.

WISSING, S. A.; MÜLLER, R. H. The influence of the crystallinity of lipid nanoparticles on their occlusive properties. International Journal of Pharmaceutics, v. 242, n. 1-2, p. 377-379, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/1518-1243.2019v21n1p71-82

Iniciação Científica Cesumar
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9192 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1518-1243 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.