Evolução e Situação Atual da Agricultura de Base Ecológica em Pernambuco

Éder Lira de Souza Leão, Tales Wanderley Vital

Resumo


O presente estudo busca analisar a evolução e situação dos aspectos e condicionantes da agricultura de base ecológica no Estado de Pernambuco. Para isso realizou-se um levantamento de informações e dados por meio de documentos e fontes institucionais que permitiram compreender a dinâmica social e econômica dos produtores e consumidores, principalmente das instituições, principais articuladoras e fomentadoras de muitas dessas iniciativas. A revisão teórica trata dos conceitos sobre agricultura familiar, agroecologia e agricultura orgânica, além de uma descrição da formação do marco legal internacional e nacional e das principais políticas desenvolvidas no Brasil e em Pernambuco. Como resultado da pesquisa analisam-se as exportações de produtos orgânicos do país e também as feiras e os espaços de comercialização agroecológica. Um retrato dessa análise é o crescimento dos espaços e feiras orgânicas e agroecológicas em vários estados do país, concomitante à expansão mundial da demanda por produtos orgânicos que parece estimular cada vez mais os hábitos de consumo saudáveis e práticas ambientais. Em Pernambuco, essas exportações são ainda incipientes, enquanto as feiras especializadas têm permitido ampliar as oportunidades de geração de renda da agricultura familiar.

Palavras-chave


Agroecologia; Agricultura Familiar; Agricultura Orgânica.

Texto completo:

Artigo_Pdf


Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.