Avaliação da Qualidade das Águas Cinza por Meio da Condutividade Elétrica

Mara Lucia Lemke-de-Castro, Ellen Carla Francisca Alexandre, Marcos Antonio Pesquero, Alisson Vinícius Pereira

Resumo


O uso de águas cinza consiste no aproveitamento da água de chuveiro, lavatórios e máquina de lavar roupas mediante um sistema de tratamento e sua posterior canalização para os usos com fins não potáveis. O reuso de águas depende da qualidade física, química e microbiológica, por isso é importante conhecer as características das águas residuárias ou poluídas. Para implantação de um sistema doméstico de reuso, primeiramente se faz necessário adotar uma metodologia de controle analítica que seja eficiente, com baixo custo e de fácil operação. Assim buscou-se substituir toda a gama de análises por uma única que fosse representativa e confiável. O trabalho teve por objetivo verificar se a condutividade elétrica pode ser utilizada como único parâmetro para controle da qualidade de águas cinza. Foram avaliados 19 parâmetros físico-químicos da água cinza de uma residência, sendo que a máquina de lavar roupas apresentou menor nível de poluição comparada com o lavatório do banheiro e o chuveiro. A condutividade elétrica foi sensível à variação dos principais parâmetros físico-químicos (correlação de Spearman) e diferiu significativamente (teste U de Mann-Whitney) da água da torneira, podendo ser aplicado para o controle da eficiência do processo de tratamento da água cinza.

Palavras-chave


Reciclagem; Condutivímetro; DQO

Texto completo:

PDF


Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.