Intensificação com Equilíbrio: Desafios da Produção Sustentável de Alimentos

Matheus Dheim Dill, Angela Rozane Leal de Souza, Miguelangelo Gianezini, Tamara Esteves de Oliveira

Resumo


As perspectivas mundiais de crescimento populacional e consequente aumento da demanda por alimentos têm gerado discussões sobre as ações necessárias para garantir segurança e soberania alimentar de forma sustentável. Partindo deste enfoque, o artigo apresenta uma análise histórica sobre as estratégias adotadas pelas organizações mundiais, identificando os desafios ao agronegócio, relacionados à segurança alimentar. Em um estudo de natureza básica e exploratória, com abordagem qualitativa, procurou-se evidenciar tais desafios alimentares, relacionados às atividades agropecuárias, ao meio ambiente e às questões sociais, bem como as ações e tecnologias que podem contribuir para uma produção mais sustentável. Os resultados encontrados apontam um dos grandes desafios para o setor no século XXI, o desenvolvimento de uma revolução duplamente verde, com caráter dinâmico e estruturado, para alcançar o progresso. Constatou-se que o desenvolvimento da biotecnologia tem incorporado técnicas e práticas que minimizam os impactos ambientais. Estudos específicos podem contribuir para o melhoramento genético
(vegetal e animal), permitindo a produção de alimentos em locais com restrições hídricas e solos de baixa fertilidade. Estes avanços tecnológicos deverão ser desenvolvidos de acordo com os costumes dos produtores locais, para que estes utilizem
as ferramentas de forma eficiente

Palavras-chave


agricultura; rise alimentar; equilíbrio ambiental; segurança alimentar

Texto completo:

PDF


Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.