Crescimento e Floração de Plantas de Miltonia flavescens LINDL. (ORCHIDACEAE) Tratadas com Ácido Giberélico

Edvandro Vinicius Silveira, Suzana Stefanello

Resumo


O ácido giberélico (GA3) é um bioativo da giberelina e vem sendo utilizado como estimulante do crescimento vegetal, pois promove o alongamento celular e a indução da floração em diversas espécies. Este trabalho avaliou o efeito de diferentes concentrações de ácido giberélico no crescimento e na floração de plantas de Miltonia flavescens. Plantas adultas foram pulverizadas manualmente com diferentes concentrações de GA3
(25, 50, 100 e 200 mg.L-1) e as testemunhas foram pulverizadas com água, intercalando-se com pulverizações quinzenais do adubo foliar Biofert® (5 mL.L-1). O experimento foi inteiramente casualizado, com 5 tratamentos e 28 repetições por tratamento. Após noventa dias foram avaliados: altura da parte aérea, diâmetro do pseudobulbo, largura e comprimento das folhas, brotos e hastes florais, número de brotos e de hastes florais formadas por planta. Não houve diferença significativa entre as plantas tratadas com GA3 e as testemunhas nas variáveis altura da parte aérea, diâmetro do pseudobulbo, número de brotos, comprimento de brotos e comprimento foliar. Por outro lado, diferenças significativas entre os tratamentos foram verificadas para o comprimento do pseudobulbo, número de folhas formadas por planta e largura das folhas. A pulverização das plantas com 50 mg.L-1 do fitorregulador promoveu a formação de maior número de flores por planta, entretanto o GA3 não promoveu o alongamento das plantas.

Palavras-chave


Alongamento; Floração; Giberelina; Orchidaceae

Texto completo:

PDF


Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.