Percepção dos Consumidores de Soja e Derivados na Cidade de Júlio de Castilhos (RS) - Brasil

Dalva Maria Righi Dotto, Rafaela Rosa Colpo, Silvia Cristina Ferreira Iop, Andreia Cirolini

Resumo


O Brasil ocupa o segundo lugar no ranking mundial de produção de soja desde 2003, sendo que o complexo derivado deste grão tem expressiva contribuição econômica no país. O movimento dos consumidores no intuito de ter uma alimentação mais saudável quanto à qualidade e aspectos nutricionais dos alimentos impulsionou a indústria para o desenvolvimento de uma maior variedade de produtos e, neste contexto, a soja tem se mostrado como uma importante fonte nutritiva. Este estudo objetivou avaliar a percepção dos consumidores em relação a alimentos derivados da soja. Para atingir os objetivos propostos foi realizada uma pesquisa descritiva sobre o conhecimento e aceitação dos alimentos derivados, sendo que os resultados indicaram que a maior parte da amostra já consumiu estes alimentos, entretanto, os que consomem atualmente formam um grupo menor de consumidores. Também se constatou desconhecimento das propriedades nutricionais e funcionais do grão para a saúde humana pela maior parte dos entrevistados, sendo esta uma das prováveis causas do baixo consumo e da falta de interesse da população pela introdução de alimentos derivados da soja nos cardápios diários.

Palavras-chave


Agronegócio; Ciência de Alimentos; Mercado Consumidor; Soja

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2015v8n3p585-600

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.