CRESCIMENTO DE Arundina graminifolia (D. DON.) HOCHR. EM DIFERENTES MEIOS DE CULTIVO E NÍVEIS DE pH

Cristiano Pedroso-de-Moraes, Thiago Souza-Leal, José Alberto Diogo, Rosangela Isete Canabrava, Natália Pierobon Pedro, Marco Aurélio Marteline

Resumo


Arundina graminifolia é uma orquídea apreciada mundialmente pelo seu valor ornamental, possuindo também uso medicinal. Entretanto, os baixos investimentos relacionados a melhorias das atuais técnicas de cultivo in vitro, ferramenta importante para propagação de diversas espécies de orquídeas, impedem a diminuição dos custos de propagação. O presente trabalho teve por objetivo avaliar os efeitos do meio de cultura ½MS e de dois meios a base dos fertilizantes comerciais Hyponex® (NPK 6,5-6-19) e Kristalon laranja® (NPK 6-12-36), submetidos a três níveis de pH (5,3, 5,8 e 6,3), sobre o crescimento in vitro de A. graminifolia. Para tanto, sementes foram distribuídas em quatro frascos de cada meio e, após 180 dias de cultivo, foram retiradas aleatoriamente vinte plântulas de cada frasco para análise estatística. O meio de cultura mais eficiente foi o meio ½MS com nível de pH de 5,8, que apresentou as maiores médias para todas as variáveis analisadas.

Palavras-chave


Arundina bambusifolia; Orchidaceae; Orquídea bambu; Propagação in vitro

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2017v10n1p9-24

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 1981-9951 Impressa
ISSN 2176-9168 On-line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.