O Agronegócio da Água

Tamara Esteves de Oliveira, David Santos de Freitas, Luis Henrique Ramos Camfield, Matheus Dhein Dill

Resumo


A produção agrícola é uma das atividades que mais demanda água sendo necessária uma visão estratégica dos recursos hídricos, de forma que se mantenha a produtividade, sem comprometer a sustentabilidade hídrica desses sistemas. As novas tecnologias e a gestão de recursos naturais surgem para evitar desperdícios e adequar sua utilização. Frente a esta problemática, este artigo busca esclarecer os conceitos referentes à água e seu agronegócio, propondo uma visão ampla da questão e tentando aproximá-la do agronegócio brasileiro. Assim, é possível observar que em todos os produtos comercializados, desde alimentos, peças de vestuário e aparelhos eletrônicos, existe um consumo de água que não é demonstrado ao consumidor na embalagem, omitindo o verdadeiro impacto hídrico daquele produto. A pegada hídrica e terminologias, como a água virtual, são ferramentas que contribuem para amenizar problemas de escassez de água em diferentes regiões do mundo por meio do comércio internacional. Devido à característica cíclica da água, esse recurso sofre uma redução de sua disponibilidade utilizável frente a uma população crescente que carece de uma gestão adequada. Caso não sejam aprofundadas e aplicadas as ferramentas aqui dispostas pode não ser possível manter as condições de bem-estar e segurança que a sociedade tem almejado.

Palavras-chave


Desenvolvimento sustentável; Pegada hídrica; Produção de alimentos; Recursos naturais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2016v9n4p785-802

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.