RASTREABILIDADE NA CADEIA PRODUTIVA DO LEITE COMO VANTAGEM COMPETITIVA

Jamir Rauta, Leandro José Paetzold, César Augutus Winck

Resumo


Este estudo objetivou entender a rastreabilidade como instrumento de vantagem competitiva para a cadeia produtiva do leite, de forma a fortalecê-la junto aos seus atores e em relação ao mercado, especialmente o consumidor, incluindo o externo. A pesquisa utilizou abordagem qualitativa, através de um estudo de caso e entrevistas semiestruturadas em uma indústria de laticínios da região Oeste do Estado de Santa Catarina, Brasil. Identificou-se que a inserção da rastreabilidade para esta indústria foi uma sugestão do fornecedor da tecnologia e uma estratégia de marketing, mas que para sua implantação era preciso alto investimento, divulgação da ferramenta, geração de cultura sobre o assunto, correto trato das informações e mão de obra especializada. Concluiu-se que no Brasil são necessárias profissionalização e pesquisas, no que tange a novas tecnologias a um custo menor, bem como desenvolver atividades, demonstrando a importância e resultados da rastreabilidade, sobre a decisão de compra dos consumidores, considerando qualidade dos produtos e segurança alimentar.

Palavras-chave


Agronegócio; Competitividade; Leite; Segurança Alimentar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2017v10n2p459-474

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 1981-9951 Impressa
ISSN 2176-9168 On-line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.