UNIFORMIDADE DE DISTRIBUIÇÃO NA IRRIGAÇÃO POR GOTEJAMENTO COM ÁGUA RESIDUÁRIA DE PROCESSAMENTO DE MANDIOCA

Eliane Hermes, Marcio Antonio Vilas Boas, Manoel Penachio Gonçalves, Diego José Gris, Marcos Araujo Lins, Jussara Silva Berger

Resumo


O objetivo deste estudo consistiu na avaliação de sistemas de irrigação por gotejamento com aplicação de água limpa e água residuária de processamento de mandioca com diferentes concentrações de sólidos suspensos. O experimento foi instalado em uma agroindústria no município de Terra Roxa-PR, sendo montados 12 sistemas. O delineamento experimental foi um fatorial 4 x 3 x 2 considerando-se como fatores: tipo de água aplicada (água limpa e água residuária de processamento de mandioca com 03 concentrações distintas de sólidos suspensos), carga hidráulica (1,5; 2,0 e 2,5 m) e metodologia de coleta (Keller e Karmeli e Denículi), totalizando 24 tratamentos com 30 repetições cada. Previamente foi realizada uma caracterização físico-química da água residuária nas diferentes concentrações de sólidos suspensos para verificar o risco de entupimento das mesmas. A partir dos dados de vazão coletados determinou-se o coeficiente de uniformidade de distribuição (CUD). A concentração de sólidos suspensos presente na água residuária afetou os valores, sendo que com o aumento destes houve pequeno decréscimo na vazão. Os valores de CUD variaram entre duas classificações, sendo dois tratamentos classificados como uma irrigação boa e 22 tratamentos apresentaram valores excelentes.

Palavras-chave


CUD; Qualidade da água; Sólidos suspensos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2018v11n2p545-559

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.