PANORAMA DOS PEQUENOS PRODUTORES AVÍCOLAS DIANTE DE NOVAS TECNOLOGIAS, BIOSSEGURANÇA E EXIGÊNCIAS AMBIENTAIS

Noeli Pedroso Dias Dacroce, Edison Luiz Leismann, Elza Hofer

Resumo


A pesquisa tem por objetivo analisar, a partir da percepção dos pequenos produtores do sudoeste do Paraná, quais as suas perspectivas de retorno e custos em função das necessidades de investimentos para acompanhar a evolução tecnológica e o cumprimento das exigências da legislação ambiental. Para alcançar o objetivo proposto foi desenvolvida uma pesquisa de campo, por meio de aplicação de questionário para 70 pequenos produtores, realizada entre a primeira quinzena do mês de novembro e a primeira quinzena do mês de dezembro de 2015 e análise documental. A análise dos dados foi realizada com o uso do Excel. Para avaliar a sustentabilidade econômica dos padrões de aviários implantados no sudoeste do Paraná, foram identificados e analisados os custos de produção do produtor de frango de corte. Os resultados evidenciaram que os aviários são economicamente sustentáveis, porém dependente da receita da cama aviária. Pela análise realizada observou-se que há interesse dos pequenos produtores em se adequar as novas tecnologias, mas o mesmo não ocorre com relação à expansão das atividades, onde a sucessão familiar é apontada como principal fator limitante. A maioria dos produtores possui licença ambiental e estão adequados às normas da IN 56/2007 e IN 59/2009.

Palavras-chave


Agronegócio; Avicultura; Inovação; Custos e sustentabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2018v11n2p431-456

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.