GESTÃO DA SUSTENTABILIDADE NO CULTIVO DA CANA-DE-AÇÚCAR: UM ESTUDO DE CASO NO NORDESTE DO BRASIL

Ana Regina Bezerra Ribeiro, Fabiana Ferreira Silva, Yasmim Silva Meireles, Felipe Lins de Melo, Rayanne de Paffer Rodrigues

Resumo


Este trabalho teve como objetivo analisar práticas de gestão sustentáveis no cultivo da cana-de-açúcar. A questão-problema que motivou o estudo foi: que práticas gerenciais podem ser desenvolvidas visando à sustentabilidade no cultivo da cana-de-açúcar? Trata-se de uma pesquisa qualitativa compreendendo a análise de um caso na região Nordeste do Brasil. No estudo analisado, buscou-se: identificar práticas gerenciais que visam à melhoria no processo produtivo do açúcar; evidenciar os impactos ambientais e sociais provenientes do cultivo da cana-de-açúcar; e apresentar os ganhos obtidos com a mecanização do processo de colheita. Dentre os principais resultados, observou-se que houve uma evolução histórica na extração da cana e na busca por uma produção mais sustentável. A pesquisa ainda constatou que o investimento em sustentabilidade é alto, porém válido, possibilitando ganhos de produtividade, reconhecimento dos clientes e abertura a mercados internacionais.

Palavras-chave


Agroecossistemas; Meio ambiente; Práticas gerenciais; Processo produtivo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2018v11n3p843-861

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.