SIMULAÇÃO ECONÔMICA DE UMA UNIDADE PRODUTORA DE GRÃOS E COMPARAÇÃO DE CUSTOS PELO SISTEMA BARTER

Luiz Antonio Lorenzon, Flávio Carlos Dalchiavon

Resumo


Objetivou-se oferecer ao produtor rural uma ferramenta de gerenciamento de custos e receitas da produção agrícola, pelo sistema Barter e aquisição à vista, para a safra 2016/17 em uma propriedade agrícola de Diamantino (MT), que cultiva soja e milho. Utilizou-se adaptação das metodologias da EMBRAPA, CONAB, IMEA e PECEGE/ESALQ. As produtividades e preços de venda utilizados foram, respectivamente, de 53 e 62,00 (soja) e 90 sc ha-1 e R$ 22,00 por saca (milho). Na modalidade a vista, a soja apresentou, por saca, um CVt de R$ 44,54, CFt de R$ 15,18 e CT de R$ 59,72, enquanto o milho possuiu um CVt de R$ 18,18, CFt R$ 0,00 e CT de R$ 18,18, conferindo lucro anual de R$ 234.176,00, com margem de lucro de 6,84%. O sistema Barter apresentou, por saca, CVt de R$ 44,13, CFt de R$ 15,18 e CT de R$ 59,32 para a soja e CVt de R$ 17,96, CFt de R$ 0,00 e CT de R$ 17,96 para o milho, com lucro anual de R$ 323.256,00 e margem de lucro de 9,28%. Assim, barter mostra-se mais vantajoso até o preço de comercialização de R$ 66,00 e R$ 22,50 por saca, respectivamente, para soja e milho.

Palavras-chave


Agronegócio; Estrutura de custo; Glycine max; Indicadores financeiros; Zea mays.

Texto completo:

PDF

Referências


APROSOJA. Informe Técnico Aprosoja nº 143/2017. Disponível em: file:///C:/Users/luizantoniolorenzoni/Downloads/2017-01-11-15-46-52informe-tecnico-143-novos-valores-de-fethab-e-facs.pdf. Acesso em: jan. 2017.

ARAKAWA, H. H. Percepção do produtor agrícola em relação às operações de barter: um estudo da região de Lucas do Rio Verde (MT). 2014. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2014. doi:10.11606/D.11.2014.tde-10062014-095530.

BORGES, A. P. M.; MAINARDI, A.; VELASQUEZ, M. D. P. Avaliação do custo de produção de arroz em pequenas propriedades rurais do Rio Grande do Sul: um estudo de caso. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v. 6, n. 1, p. 99-116, 2013.

BROCH, D. L.; PEDROSO, R. S. Custo de produção da cultura da soja safra 2011/2012. Fundação MS. Disponível em: http://www.fundacaoms.org.br/base/www/fundacaoms.org.br/media/attachments/24/24/5385dbacc8813316b1159baac903432995f37dbf25894_11-custo-de-producao-da-soja_1016324339.pdf. Acesso em: 14 dez. 2016.

CONAB. Custos de produção agrícola: a metodologia da Conab. Brasília. 60 p. Disponível em: http://www.conab.gov.br/conabweb/download/safra/custos.pdf. Acesso em: 15 jul. 2016.

CONAB. Custos de produção: Culturas de verão. Disponível em: http://www.conab.gov.br/conteudos.php?a=1554&t=2. Acesso em: 25 set. 2016.

CONAB. Evolução dos custos de produção de soja no Brasil. Compêndio de Estudos Conab. v. 2, 24 p. Disponível em: http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/16_09_14_15_10_40_compendio_de_estudos_conab_-_volume_2,_2016.pdf. Acesso em: 10 out. 2016.

CONAB. Custos de produção: Culturas da seca. Disponível em: http://www.conab.gov.br/conteudos.php?a=1564&t=2. Acesso em: 25 set. 2016.

CONAB. Levantamento de safra 2016/17: Grãos. Disponível em: http://www.conab.gov.br/conteudos.php?a=1253&. Acesso em: 10 fev. 2017.

DELAI, A. P. D.; ARAUJO, J. B. de; REIS, J. G. M. dos; SILVA, L. F. da. Armazenagem e ganhos logísticos: uma análise comparativa para comercialização da soja em Mato Grosso do Sul. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v. 10, n. 2, p. 395-414, 2017.

EMBRAPA. Avaliação econômica da produção de soja para a safra 2014/15. Circular Técnica 107. 1. ed. Londrina. 22 p. Disponível em: https://www.embrapa.br/soja/busca-de-publicacoes/-/publicacao/1000876/avaliacao-economica-da-producao-de-soja-para-a-safra-201415. Acesso em: 20 jun. 2016.

FERREIRA, B. G. C.; FREITAS, M. M. L.; MOREIRA, G. C. Custo operacional efetivo de produção de soja em sistema de plantio direto. Revista iPecege, v. 1, n. 1, p. 39-50. 2015.

IMEA. Custo de produção da soja: safra 2016/17. Disponível em: http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/04102016180808.pdf. Acesso em: 15 out. 2016.

IMEA. Custo de produção do milho: safra 2016/17. Disponível em: http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/04102016180718.pdf. Acesso em: 15 out. 2016.

KUMITAKE, A.; MOTA, E. P. Análise comparativa do pagamento de insumos da produção da soja no Estado de Mato Grosso. Revista iPecege, v. 2, n. 4, p. 24-41, 2016.

MARION, J. C.; SANTOS, G. J.; GRATERON, I. R. G.; LEMES, S.; PEREIRA, E.; PROCÓPIO, A. M. Contabilidade e controladoria em agrobusiness. São Paulo: Editora Atlas, 1996.

MARION, J. C.; SANTOS, G. J. Administração de custos na agropecuária. 2. ed. São Paulo: Editora Atlas, 1996.

MARTINES FILHO, J. A importância da análise de gestão na agropecuária: controle de custos e aumento da rentabilidade. Disponível em: http://www.gestiopolis.com/analise-gestao-agropecuaria-controle-custos-aumento-rentabilidade/. Acesso em: 26 jan. 2017.

MAPA. Programa de subvenção ao prêmio do seguro rural - PSR. Relatório estatístico 2016. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/riscos-seguro/seguro-rural/documentos-seguro-rural/ResultadoGeralPSR2016.pdf. Acesso em: 22 fev. 2017.

MIRANDA, P. Contabilidade: fator de desenvolvimento do Agronegócio. Disponível em: http://www.paginarural.com.br/artigo/2391/contabilidade-fator-de-desenvolvimento-do-agronegocio. Acesso em: 30 abr. 2016.

OLIVEIRA, A. L. R. de; MASCARENHAS, C.; LOPES, B. F. R.; MORINI, C. Aplicação de modelagem matemática para otimização da logística de exportação do milho do estado do Mato Grosso. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v. 8, n. 3, p. 505-522, 2015.

PACHECO, L. C. Barter pode ser a melhor alternativa para financiar a safra. Disponível em: http://www.canalrural.com.br/noticias/agricultura/barter-pode-ser-melhor-alternativa-para-financiar-safra-62616#article_selector. Acesso em: 05 dez. 2016.

PERINA, R. A. Custo de produção e elaboração de projetos - Estrutura de custos - Metodologia PECEGE/ESALQ. MBA em Agronegócio, turma 2015/17. Cuiabá. 224 p. 2015.

PINHEIRO, A. C. D.; BASSOLI, M. K. Sustentabilidade econômica e ambiental: um ideal da sociedade internacional. Scientia Iuris, v. 9, n. 1, p. 109-130, 2005.

ROS, M. Como ter sucesso plantando milho. Disponível em: http://www.pioneersementes.com.br/blog/69/como-ter-sucesso-plantando-milho. Acesso em: 04 mai. 2016.

SEFAZ/MT. Portaria 224/2016, de 22 de dezembro de 2016. Atualização Monetária UPF/MT. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso, Cuiabá, 26 dez. 2016. Disponível em: http://app1.sefaz.mt.gov.br/0325677500623408/7C7B6A9347C50F55032569140065EBBF/697301108AD6357A84258096005E7EE4. Acesso em: jan. 2017.

SILVA, M. S. da; MENEZES, T. M. Corredor de escoamento Noroeste: alternativa logística para produtores agrícolas das regiões Centro e Norte do estado do Mato Grosso. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v. 1, n. 1, p. 37-44, 2008.

SOUZA, R. O.; CREMASCO, C. P.; GABRIEL FILHO, L. R. A. Análise dos valores de frete da soja a granel nos sistemas unimodal e multimodal de transporte. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v. 9, n. 4, p. 819-837, 2016.

VALERINI, J. P.; KUWAHARA, M. Y. O mercado da soja: Evolução da commodity frente aos mercados internacional e doméstico. Revista Jovens Pesquisadores, v. 4, n. 1 (6), p. 1-20, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2019v12n2p435-458

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.