EXTRAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE MACRONUTRIENTES EM LAVOURAS DE MILHO DE ALTA PRODUTIVIDADE

Thaísa Fernanda Oliveira, Victor Jordão Braga Oliveira, Junia Maria Clemente, Leonardo Angelo de Aquino, Marcelo Rodrigues dos Reis, Flavio Lemes Fernandes

Resumo


O conhecimento da variabilidade da nutrição de plantas e da produtividade em áreas cultivadas com plantas de milho que apresentam alta produtividade pode fornecer importantes subsídios na racionalização do uso de insumos e auxiliar no manejo da fertilidade do solo. Essa pesquisa tem como objetivo determinar os padrões de extração e de exportação de nitrogênio (N), fósforo (P), potássio (K), cálcio (Ca), magnésio (Mg) e enxofre (S) por lavouras de milho de alta produtividade. Quinze talhões de milho cultivados sob sistema convencional e que apresentavam alto potencial produtivo foram amostrados no ano agrícola 2014/2015 na região do Alto Paranaíba (MG) e avaliaram-se a produtividade e a extração e exportação de N, P, K, Ca, Mg e S. Os acúmulos de N, P, K e S em grãos e extração total tiveram efeitos positivos na produtividade da cultura do milho. A massa de mil grãos foi o componente de produtividade mais importante na definição da produtividade. A extração e exportação de N, P, K e S aumentaram linearmente com o aumento da produtividade. Os resultados fornecem dados importantes sobre a absorção e partição de nutrientes dos híbridos atuais e permitem aprimorar as recomendações de adubação para produção de grãos de milho.

Palavras-chave


Fertilidade; Grãos; Nutrição; Zea mays

Texto completo:

PDF

Referências


ARGENTA, G.; SILVA, P. R. F.; BORTOLINI, C. G.; FORSTHOFER, E. L.; STRIEDER, M. L. Relação da leitura do clorofilômetro com os teores de clorofila extraível e de nitrogênio na folha de milho. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, Lavras, v. 13, n. 2, p. 158-167, 2001.

BENDER, R. R.; HAEGELE, J. W.; RUFFO, M. L.; BELOW, F. E. Nutrient uptake, partitioning, and remobilization in modern transgenic insect-protected maize hybrids. Agronomy Journal, Madison, v. 105, n. 1, p. 161-170, 2013.

BORGHI, E.; MELLO, L. M. M.; CRUSCIOL, C. A. C. Adubação por área e por planta, densidade populacional e desenvolvimento do milho em função do sistema de manejo do solo. Acta Scientiarum Agronomy, Maringá, v. 26, n. 3, p. 337-345, 2004.

BRITO, M. E. B.; DE ARAÚJO FILHO, G. D.; WANDERLEY, J. A. C.; DE MELO, A. S.; DA COSTA, F. B.; FERREIRA, M. G. P. Crescimento, fisiologia e produção do milho doce sob estresse hídrico. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 29, n. 5, p. 1244-1254, 2013.

Companhia Nacional de Abastecimento - CONAB. Acompanhamento da safra brasileira de grãos, Safra 2017/18 - Sétimo levantamento, Brasília, 2018. p. 1-139. Disponível em: https://www.conab.gov.br/index.php/info-agro/safras/graos. Acesso em: 20 abr. 2018

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3. ed. Brasília, 2013. 353p.

ERNANI, P. R.; BAYER, C.; ALMEIDA, J. A. Mobilidade vertical de cátions influenciada pelo método de aplicação de cloreto de potássio em solos com carga variável. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 31, n. 2, p. 393-402, 2007.

GOTT, R. M.; AQUINO, L. A.; CARVALHO, A. M. X.; SANTOS, L. P. D.; NUNES, P. H. M. P.; COELHO, B. S. Índices diagnósticos para interpretação de análise foliar do milho. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 18, n. 11, p. 1110-1115, 2014.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G. C.; OLIVEIRA, S. A. Princípios, métodos e técnicas de avaliação do estado nutricional. In: MALAVOLTA, E. (ed.). Avaliação do estado nutricional de plantas: Princípios e aplicações. 2ª ed. Piracicaba: Potafos, 1997. p. 115-230.

MONTEZANO, Z. F.; CORAZZA, E. J.; MURAOKA, T. Variabilidade de nutrientes em plantas de milho cultivado em talhão manejado homogeneamente. Bragantia, Campinas, v. 67, n. 4, p. 969-976, 2008.

PRIMAVESI, O.; PRIMAVESI, A. C.; CÔRREA, L. A.; SILVA, A. G.; CANTARELLA, H. Lixiviação de nitrato em pastagens de coastcross adubada com nitrogênio. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v. 53, n. 3; p. 683-690, 2006.

SANGOI, L.; BERNS, A. C.; ALMEIDA, M. L.; ZANIN, C. G.; SCHWEITZER, C. Características agronômicas de cultivares de trigo em resposta à época da adubação nitrogenada de cobertura. Ciência Rural, Santa Maria, v. 37, n. 6, p. 1564-1570, 2007.

SANTOS, L. P. D.; AQUINO, L. A.; NUNES, P. H. M. P.; XAVIER, F. O. Doses de nitrogênio na cultura do milho para altas produtividades de grãos. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, v. 12, n. 3, p. 270-279, 2013.

SETIYONO, T. D.; WALTERS, D. T.; CASSMAN, K. G.; WITT, C.; DOBERMANN, A. Estimating maize nutrient uptake requirements. Field Crops Research, Canberra, v. 118, n. 2, p. 158-168, 2010.

SICHOCKI, D.; GOTT, R. M.; FUGA, C. A. G.; AQUINO, L. A.; RUAS, R. A. A.; NUNES, P. H. P. M. Resposta do milho safrinha a doses de nitrogênio e fósforo. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, v. 34, n. 6, p. 1404-1411, 2014.

VALDERRAMA, M.; BUZETTI, S.; BENETT, C. G. S.; ANDREOTTI, M.; TEIXEIRA FILHO, M. C. M. Fontes e doses de NPK em milho irrigado sob plantio direto. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 41, n. 2, p. 254-263, 2011.

ZÖRB, C.; T SENBAYRAM, M.; PEITERC, E. Potassium in agriculture - Status and perspectives. Journal of Plant Physiology, Parkville, v. 171, n. 9, p. 656-669, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2019v12n3p837-854

Revista em Agronegócio e Meio Ambiente


Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 2176-9168 On-line
ISSN 1981-9951 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.