O Pensamento Liberal Clássico e a Gênese do Controle de Constitucionalidade das Leis: As Premissas Liberais que Fundamentaram as Teses Presentes na Obra O Federalista

Breno Baía Magalhães

Resumo


O liberalismo clássico, em sua feição política, foi uma importante corrente de pensamento moderno que ajudou a fundamentar inúmeras matrizes institucionais e políticas da modernidade, como, por exemplo, os direitos naturais do homem e a ideia de um estado constitucional governado pela lei. Os artigos federalistas não fogem a essa regra e trazem importantes contribuições para a política dos Estados Unidos e fundamentam suas teses de acordo com as premissas liberais, e, dentre elas, a possibilidade de o poder judiciário controlar a constitucionalidade das leis emanadas do poder legislativo.

Palavras-chave


LIBERALISMO; ARTIGOS FEDERALISTAS, ESTADO MODERNO, SEPARAÇÃO ENTRE OS PODERES, CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE DAS LEIS

Texto completo:

PDF


Revista Cesumar – Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9176 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1516-2664 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.