A Política Para a Educação de Jovens e Adultos no Paraná no Governo Lerner (1995-2002)

Jorge Luiz Correia, Ângela Mara de Barros Lara

Resumo


O objeto de estudo deste trabalho é a política pública para a Educação de Jovens e Adultos, no Paraná, desenvolvida durante o governo Jaime Lerner (1995-2002). Tem-se como objetivo a análise das funções exercidas pela EJA na política educacional do Estado no período, a partir da apresentação das principais ações e estratégias promovidas pela Secretaria de Estado da Educação na oferta dessa modalidade. Para análise do objeto utiliza-se uma abordagem histórica, relacionando a problemática com questões gerais e determinantes históricos e sociais do desenvolvimento do capitalismo no final do século XX. Evidencia-se que as políticas para a EJA foram convergentes com as metas da política educacional do Estado e resultaram na utilização da EJA como mecanismo de correção do fluxo escolar e certificação acelerada para o mercado de trabalho. Conclui-se que essas duas funções pautaram-se pela racionalidade econômica para as políticas sociais e pelas exigências imediatas da certificação para ingresso ou permanência no mercado de trabalho, dadas pela ideologia da empregabilidade.

Palavras-chave


Educação de Jovens e Adultos; Políticas Públicas; Políticas Educacionais do Paraná; Correção de Fluxo; Certificação para o Trabalho.

Texto completo:

Artigo_Pdf


Revista Cesumar – Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9176 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1516-2664 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.