Redução da Maioridade Penal: Uma Proposta de Maquiar as Possíveis Rasuras Psico-Afetivas no Tecido Social

Diogo Fagundes Pereira

Resumo


Esse estudo objetivou estabelecer um diálogo entre o pensamento do psicanalista inglês D.W Winnicott e a proposta de redução da maioridade penal. Trata-se de um estudo teórico onde foi realizado uma revisão de literatura dos últimos 15 anos, nas bases de dados Online: Scielo, Periódicos Capes, BvsPsi, com os descritores: Psicologia e proposta de redução da maioridade penal. Conclui-se que a maior parte dos estudos versam sobre uma perspectiva do direito, e os poucos estudos que envolve a psicologia, apontou um perfil psicossocial do menor infrator, relação entre idade e delito, falta de consenso no posicionamento da redução e o apelo midiático na associação da redução da idade com a redução da violência. Esse estudo buscou indicar os aspectos emocionais e afetivos, na visão do psicanalista Winnicott, que muitas vezes são desconsiderados na análise generalista que são feitas em relação aos crimes praticados por menores infratores..

Palavras-chave


Adolescência; Redução da maioridade; Privação e delinquência.

Texto completo:

PDF


Revista Cesumar - Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil

Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 1516-2664 Impressa
ISSN 2176-9176 On-line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.