CLASSIFICAÇÃO DOS INGRESSOS NA GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA REFERENTE AOS CONTEÚDOS DA CULTURA CORPORAL

Fabiano José Teixeira Silveira, Bruna Muller Cardoso

Resumo


A educação escolar é o meio pelo qual os conhecimentos e as experiências acumuladas pelas gerações anteriores são transmitidos de maneira sistematizada. A educação física como disciplina escolar busca a compreensão e a utilização da linguagem corporal, reconhecendo manifestações corporais. Para os ingressos na graduação em educação física, que já concluíram o ensino médio, essa reflexão objetivada pelas diretrizes da educação em nosso Estado ficou bem definida ou eles entenderam apenas a “parte prática”? Assim, este estudo visa classificar o conhecimento sobre a cultura corporal dos acadêmicos ingressantes no curso de educação física da UniCesumar, de acordo com as diretrizes da educação para o Estado do Paraná. Trata-se de uma pesquisa descritiva, com amostra de 57 acadêmicos matriculados no primeiro ano da graduação em educação física da UniCesumar - unidade de Maringá – PR. O instrumento para coleta de dados foi um questionário validado, aplicado pelo autor, após a assinatura do TCLE, depois da aprovação pelo CEP. Os dados foram tabulados por meio da estatística descritiva e discutidos na tentativa de responder as questões iniciais. Por fim, podemos classificar o conhecimento da amostra pelos itens que demonstram mais conhecimentos na seguinte ordem: jogos e brincadeiras, dança, esportes, lutas e ginástica.

Palavras-chave


Cultura corporal, Educação, Educação física escolar

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: texto constitucional promulgado em 5 de outubro de 1988, com as alterações adotadas pelas Emendas constitucionais nºs 1/1992 a 86/2015, pelo Decreto legislativo nº 186/2008 e pelas Emendas constitucionais de revisão nºs 1 a 6/1994. – 45. ed. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2015. Disponível em: . Acesso em: 02 jun. 2015.

BRASIL. Lei Darcy Ribeiro (1996). LDB nacional: Lei de diretrizes e bases da educação nacional: Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. 11. ed. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2015. Disponível em: Acesso em: 02 jun. 2015.

BRASIL. Plano Nacional de Educação (PNE). Plano Nacional de Educação 2014-2024: Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE) e dá outras providências. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2014. Disponível em: Acesso em: 03 jun. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Conselho Nacional da Educação. Câmara Nacional de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013. Disponível em: < www.mec.gov.br> Acesso em: 03 jun. 2015.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino de educação física. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

CORREIA, W. R. Educação física escolar e artes marciais: entre o combate e o debate. Rev. bras. educ. fís. Esporte, São Paulo, v. 29, n. 2, p. 337-344, june 2015. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2015.

GHIRALDELLI JÚNIOR, P. Educação física progressista: a pedagogia crítico-social dos conteúdos e a Educação Física Brasileira. 10. ed. São Paulo, Loyola, 1991.

KLEINUBING, N. D; SARAIVA, M. C.; FRANCISCHI, V. G. A dança no Ensino Médio: reflexões sobre estereótipos de gênero e movimento. Rev. educ. fis. UEM, Maringá, v. 24, n. 1, p. 71-82, mar. 2013. Disponível em: . Acesso em: 06 set. 2015.

LIBÂNEO, J. C. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

MARINHO, I. P. História da educação física no Brasil. São Paulo: Cia. Brasil, 1979.

MARTINS JUNIOR, Joaquim. Como escrever trabalhos de conclusão de curso: instruções para planejar e montar, desenvolver, concluir, redigir e apresentar trabalhos monográficos e artigos. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

PARANÁ. Diretrizes curriculares da Educação Básica: educação Física. Paraná: Secretaria de Estado Da Educação Básica – Departamento de Educação Básica, 2008.

RODRIGUES, D. F. et al. História da educação no Brasil e a prática docente diante das novas tecnologias. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS "HISTÓRIA, SOCIEDADE E EDUCAÇÃO NO BRASIL", 9., 2012, João Pessoa. Anais Eletrônicos... João Pessoa: UFPB, 2012. Disponível em: . Acesso em: 10 jun. 2015.

SAVIANI, D. História da História da Educação no Brasil: um balanço prévio e necessário. EccoS–Revista Científica, v. 10, p. 147-67, 2008. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2015.

SILVA, J. V. P. da. Prática pedagógica em educação física nos anos iniciais do ensino fundamental. Pensar a Prática, v. 16, n. 1, mar. 2013. ISSN 1980-6183. Disponível em: . Acesso em: 14 set. 2015.

SILVA, J. V. P. da; DAGOSTIN, K. U. D.; NUNEZ, P. R. M. Educação Física e conteúdos trabalhados nas séries iniciais do Ensino Fundamental. Motriz rev. educ. fís.(Impr.), v. 15, n. 3, p. 592-599, 2009. Disponível em: . Acesso em: 06 set. 2015.

SILVA, J. V. P. da; SAMPAIO, T. M. V. Os conteúdos das aulas de educação física no ensino fundamental: o que mostram os estudos?. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v. 20, n. 2, p. 106-118, 2012. Disponível em: . Acesso em: 06 set. 2015.

SOARES, C. L. Educação Física: raízes europeias e Brasil. 3. ed. São Paulo: Autores Associados, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/1516-2664.2017v22n1p19-37

Revista Cesumar - Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil

Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 1516-2664 Impressa
ISSN 2176-9176 On-line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.