O ENSINO DE CIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA E A FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR PEDAGOGO

Tais Leal Murta, Geiva Carolina Calsa

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar revisão investigativa no estudo da arte para compreender como a mesma vem sendo investigada e efetivada na educação básica, a partir de assuntos referentes à formação do professor pedagogo do ensino de ciências, em início de carreira. O referido estudo abarcou o período de busca entre os anos 2010 a 2015, com detalhada revisão bibliográfica nos sites da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e no Scientific Electronic Library Online (Scielo). O desenvolvimento desta revisão evidencia-se inicialmente nas etapas e critérios que foram usados para busca dos trabalhos por meio de 15 composições de palavras-chave, com intuito de identificar as produções que existem sobre a referida temática. Como resultado, obteve-se um panorama bastante amplo que permite compreender a formação do professor pedagogo e do ensino de ciências do docente em início de carreira, defendida pelos trabalhos analisados. Destaca-se que as pesquisas são pontuais e específicas, mostrando problemas na efetivação da docência no ensino de ciências e a necessidade de aprofundamento e diretrizes dessa discussão. Desta forma, por meio desse percurso, considera-se que seja possível identificar parte do que existe de produção e pesquisas acadêmicas nesta área do conhecimento. Mediante as lacunas encontradas, pretende-se, com essa pesquisa, contribuir para que se alarguem os conhecimentos dessa abordagem científica.

Palavras-chave


Revisão bibliográfica; Formação de professor; Ensino de ciências da educação básica.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, L. C. do. Letramento científico em ciências: investigando processos de mediação para a construção dos saberes científicos em espaços não formais de ensino. 2014. 116f. Tese (Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

ARRUDA, S. M.; PASSOS, M. M. Da psicanálise ao ensino de ciências: o “desejo do docente” e o “professor como um lugar”. Ciência & Educação, Bauru, v.18, n.1, 2012.

AUGUSTO, T. G. S. A formação de professoras para o ensino de ciências nas series iniciais: análise dos efeitos de uma proposta inovadora. 2010. 315f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, 2010.

BELUSCI, H. T. Impasses na formação inicial de professores de ciências nas series iniciais. 2008. 114f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

BIZERRA, C.C. Tendências e formas de enfretamento da formação continuada, como profissional docente: um estudo em representações sociais. 2012. 115f. Tese (Doutorado em Letras e Ciências Humanas) – Universidade do Grande Rio, Duque de Caxias, 2012.

BONELLI, S. M. S. O ensino de ciências nos anos iniciais do ensino fundamental: ressignificando a formação de professores. 2014. 152f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

BOZZO, M. V. Identificação dos perfis das pesquisas em argumentação no ensino de ciências no período de 1988 a 2008. 2011. 159f. Dissertação (Mestrado em Instituto de Física, Instituto de Química, Instituto de Biociência, Faculdade de Educação) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

EPOGLOU, A. O ensino de ciências em uma perspectiva freireana: aproximações entre teoria e prática na formação de professores dos anos iniciais do ensino fundamental. 2013. 308f. Doutorado (Tese em Ensino de Química) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

FERREIRA, R. M. S. Letramento científico: conhecimentos construídos ao longo do ensino fundamental. 2013. 84f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.

GALIAN, C. V. A. A prática pedagógica e a criação de um contexto favorável para a aprendizagem de ciências no ensino fundamental. Ciência & Educação, v. 18, n. 2, p. 419-433, 2012.

LABARCE, E. C. Atividades práticas no ensino de ciências: saberes docentes e formação do professor. 2014. 232f. Tese (Doutorado em Educação para a Ciência) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru, 2014.

LACAN, J. O seminário. 2. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998. (Livro 11: Os quatro conceitos fundamentais da psicanálise).

LEBOEUF, H. A. Formação de professores para os anos iniciais: uma experiência com o ensino de ciências. 2011. 171f. Dissertação (Mestrado Ensino de Ciências e Educação Matemática) – Universidade Estadual de Londrina, Centro de Ciências Exatas, Londrina, 2011.

LOPES, G. Z. L. Dimensões sociais de ciência e tecnologia: representações sociais de alunos de escolas públicas de um município paulista. 2010. 112f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Carlos. (2010).

LOUZADA, M. A. A ciência na educação formal: investigando possibilidades de problematização das questões socioambientais. 131f. Dissertação (mestrado em Cultura, organização e educação) - Faculdade de educação da Universidade de São Paulo, São Paulo. 2014.

MACHADO, L. B. Profissão docente: o consenso das representações sociais de professores iniciantes-UFPE. In: REUNIÃO NACIONAL DA ANPEd, 37., 2015. Anais... Florianópolis: Ed. UFSC, 2015.

MARTINELLI, R. O. Pensamento complexo: representações de professores de ciências e matemática. 2010. 153f. Dissertação (Mestrado Educação em Ciências e Matemática) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

NIGRO, R. G.; AZEVEDO, M. N. Ensino de ciências no fundamental 1: perfil de um grupo de professores em formação continuada num contexto de alfabetização científica. Ciênc. educ. (Bauru) [online], v. 17, n. 3, p.705-720, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-73132011000300012.

PEREIRA, T. Discursos que produzem sentidos sobre o ensino de ciências nos anos iniciais de escolaridade. Educação em Revista, v. 27 n. 2, p.151-176, 2011.

PILAN, F. C. O conhecimento do senso comum e os limites da inteligência artificial. 2012. 100f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Marília, 2012.

POLINO, S. G. Políticas públicas educacionais e ensino de ciências: dificuldades e potencialidades. 2012. 134f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

QUINTANILHA, E. C. Representações de estudantes do curso de pedagogia e de professores da rede pública sobre alunos dos anos iniciais. 2010. 155f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2010.

SANTOS, N. B. Representações sociais do ensino de ciências por professores da educação básica. 2011. 98f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Educação) - Universidade Estadual de Maringá, 2011.

SCHIRMER, S. B. Textos originais de cientistas e textos sobre história das ideias da ciência em uma proposta didática sobre ótica na formação inicial de professores de física. 2012. 154f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2012.

SILVA, A. S. Pesquisa no ensino de ciências: estudo de caso numa organização curricular por ciclos de formação. 2012. 101f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências Exatas) – Centro Universitário UNIVATES, Lajeado, 2012.

SILVA, F.; CUNHA, A. M. Método científico e prática docente: as representações sociais de professores de ciências do ensino fundamental. Ciência & Educação, v. 18, n. 1, p. 41-54, 2012.

STOQUE, F. M. V. Indicadores da alfabetização científica nos anos iniciais do ensino fundamental e aprendizagens profissionais da docência na formação inicial. 2011. 231f. Tese (Doutorado em Educação para a Ciência) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/1516-2664.2018v23n2p359-378

Revista Cesumar – Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9176 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1516-2664 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.