O ESTUDO DO COTIDIANO ESCOLAR NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL: REFLEXÃO SOBRE LUTAS DE CLASSES

Johny Henrique Magalhães Casado, Katia Rodrigues Montalvão Paias, Jonilce Costa Rodrigues

Resumo


O estudo do cotidiano tem ganhado cada vez mais a atenção da academia como fonte de se entender e compreender o ambiente escolar e suas idiossincrasias. Se faz natural então que pesquisadores, seja individualmente ou em grupos de pesquisa, se interessem em elaborar pesquisas sobre o assunto nos diferentes tipos de ambiente escolares que a sociedade apresenta. No presente artigo foram apresentados os principais conceitos relacionados ao estudo do cotidiano escolar e que estejam relacionados à educação profissional no Brasil. Como conclusão inicial observa-se que a educação profissional não possui muitos estudos relacionados na academia, considerando as recentes mudanças na Base Nacional Comum Curricular que alterou significativamente o ensino médio e inseriu de vez a educação profissional na vida escolar de milhões de alunos, e percebe-se que compreender o cotidiano escolar dessa modalidade é condição indispensável para contribuir com o debate e busca pela qualidade no ensino.

Palavras-chave


Educação profissional; Luta de classes; Sistema S.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, N. Cultura e cotidiano escolar. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n.23, Ag. 2003. Disponível em: http://www.ia.u frrj.br/ppgea/conteudo/conteudo-2009-2/Educacao-MII/2SF/Cultura _e_Cotiadia no.pdf. Acesso em: 05 jan. de 2018.

BONFIM, P. R. O cotidiano na nouvelle histoire: um campo de investigação fértil de outras histórias. Revista Científica E-Locução, v. 1, p. 106-117, 2013.

CUNHA, L. A. O ensino de ofícios artesanais e manufatureiros no Brasil escravocrata. São Paulo: Ed. UNESP, 2000a.

CUNHA, L. A. O ensino de ofícios nos primórdios da industrialização. São Paulo: Ed. UNESP, 2000b.

DEL PRIORE, M. História do cotidiano e da vida privada. In: CARDOSO, C. F. S. et al. Domínios da História: Ensaios de teoria e metodologia. Rio de Janeiro: Campus, 1997. p. 376-398.

GOFFMAN, E. A representação do eu na vida cotidiana. Petrópolis: Vozes, 1985.

GERALDINO, G. C. L. Políticas públicas de qualificação para o trabalho: o Pronatec em discussão. 2015. 179f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

MAFFESOLI, M. A conquista do presente. Natal: Argos, 2001.

MAFFESOLI, M. O conhecimento comum: compêndio de sociologia compreensiva. Trad. Aluízio Ramos Trinta. São Paulo: Brasiliense, 1988.

MINAYO, M.C. de S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec-Abrasco, 2010.

PORTO, C. C. B. A. A educação da classe trabalhadora: de Marx a Saviani. Revista Contemporânea de Educação, v. 10, n. 20, jul./dez. 2015.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999.

SAVIANI, D. Educação e questões da atualidade. São Paulo: Livros do Tatu, Cortez, 1991.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 8. ed. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2003. (Coleção Educação Contemporânea).

SAVIANI, D. Escola e Democracia. 32. ed. Campinas-SP: Autores Associados, 1999. (Coleção polêmicas do nosso tempo, v. 5).

SAVIANI, D. Educação e questões da atualidade. São Paulo: Livros do Tatu, Cortez, 1991.

SAVIANI, D. O plano de desenvolvimento da educação: análise do projeto do MEC. Educação e Sociedade, Campinas, v. 28, n. 100 Especial, out. 2007.

SAVIANI, D. O Choque Teórico da politecnia. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, 2003.

SAVIANI, D. História, trabalho e educação: comentários sobre as controvérsias internas ao campo marxista. In: SAVIANI, D; DUARTE, N. (org.). Pedagogia histórico-crítica e luta de classes na educação escolar. Campinas: Autores Associados, 2012. p. 167-182.

SAVIANI, D. Escola e democracia. Campinas: Autores Associados, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.17765/1516-2664.2019v24n1p135-150

Revista Cesumar – Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9176 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1516-2664 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.