Da Família Monoparental Brasileira

Antonio Darienso Martins, Fernanda Roberta Sasso Mello

Resumo


O Estado nasce e se solidifica com a família. A família foi se desenvolvendo ora como patriarcalista ora como matriarcalista, até chegar à monoparental. O ordenamento jurídico brasileiro passou a normalizá-la quando se tornou República. Atualmente, há diversas modalidades de família. Foi a partir da Constituição de 1988 que o Brasil normatizou a família monoparental, que, desde então, vem se ramificando em prol do próprio Estado.

Palavras-chave


Família Brasileira; Prole; Monoparental; Modalidades de Família.

Texto completo:

Artigo_Pdf


Indexado
REDIB; Sumários.Org; DOAJ; Ulrich’s International Periodicals Directory; Latindex; RVBI; ROAD; OCLC WorldCat

Revista Jurídica Cesumar - Mestrado
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9184 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br


ISSN 1677-6402 Versão impressa interrompida em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.