A Acupuntura no Sus: Uma Análise Sobre o Conhecimento e Utilização em Tangará da Serra-MT

Cristina Fernandes Pereira

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo analisar o conhecimento e utilização da acupuntura por usuários da rede pública de saúde no município de Tangará da Serra, estado de Mato Grosso. Foram verificadas a aceitação do tratamento e sua possível disponibilização pelo Sistema Único de Saúde (SUS), baseada na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC). O método utilizado para esta pesquisa foi o survey, através de protocolo de entrevista aplicado a 30 usuários do SUS no Centro de Referência em Fisioterapia e Centro de Especialidades. De acordo com os resultados, observa-se que, mesmo o Ministério da Saúde permitindo o atendimento por acupuntura, a falta de informação e ação de gestores dificultam a implantação e disseminação dessa prática entre a população que utiliza o serviço de saúde público. A análise demonstra que a oferta da acupuntura encontraria grande aceitação, sendo utilizada como forma complementar na prevenção e tratamento de agravos de saúde. A implementação da PNPIC, garantindo à população o acesso a essas práticas, traria uma nova perspectiva, baseada em um diferente paradigma de saúde, voltado para o equilíbrio e a interação harmoniosa do homem com a natureza e o meio social.

Palavras-chave


Acupuntura; Saúde Pública; PNPIC.

Texto completo:

Artigo_Pdf

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
Contato: naep@unicesumar.edu.br
ISSN 1983-1870 Impressa
ISSN 2176-9206 On-line

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.