Propriedade Sequestrante de Radicais Livres e Determinação do Teor de Fenólicos Totais da Sálvia e Eucalipto

Kimiyo Shimomura Haida, Angela Baron, Fábio José da Silva, Michel de Lima Arceles, Adelmo Fernandes, Ana Paula Andreazza, Jucelaine Haas Barth da Costa

Resumo


Neste trabalho foram determinados a atividade antioxidante e o teor de compostos fenólicos totais pelos métodos de DPPH e Folin-Ciocalteu dos extratos metanólicos e aquosos das folhas de Salvia officinalis L. e de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden. Em todos os extratos foram encontrados compostos fenólicos, variando de 7,28 a 13,01 mg equivalente de rutina.g-1 de peso seco e o poder antioxidante foi determinado pela porcentagem de inibição que variou de 54,86% a 88,82%. Os extratos de eucalipto e de sálvia apresentaram valores mais altos que ácido ascórbico e a rutina, todos os extratos apresentaram forte poder antioxidante e atividade sequestrante de radical livre.

Palavras-chave


Antioxidante; Compostos Fenólicos; Plantas Medicinais.

Texto completo:

Artigo_Pdf


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.