Avaliação da Qualidade de Vida em Pacientes Submetidos a um Programa de Reabilitação Cardiovascular Semissupervisionado Fase II

Francisca Eugênia Justino Barbosa, Joelma da Silva Torres, Maria Iderlania de Freitas Sousa, Érika Augusta Batista Lopes, Josafa Justino Barbosa

Resumo


De acordo com as projeções para 2020, a doença arterial coronariana (DAC) será a principal causa de morbi-mortalidade no mundo. Nesse contexto, a reabilitação cardiovascular surge como uma opção no tratamento destes pacientes, melhorando sua qualidade de vida. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade de vida em pacientes com DAC, submetendo-os a um programa de reabilitação semissupervisionada fase II. Este estudo teve caráter quantitativo, descritivo e comparativo. A amostra foi constituída por 10 pacientes, comprovadamente coronariopatas. Foram analisadas as variáveis: índice de massa corporal (IMC), massa corpórea, pressão arterial sistólica (PAS), pressão arterial diastólica (PAD), circunferência abdominal (CA) e as oito dimensões do questionário Medical Outcome Study Short Form- 36 (MOS SF-36). Os dados foram expressos com valores em média simples e analisados à luz da estatística por teste T de Stundent (p<0,05). Os dados obtidos mostraram que o programa de reabilitação cardiovascular (PRC) influenciou na redução da CA (diminuição de quatro centímetros para mulheres e dois centímetros para homens) e melhorou a qualidade de vida em todas as oito dimensões do MOS SF-36: capacidade funcional (pré PRC: 41 e pós PRC: 63); dor (pré PRC: 20 e pós PRC: 61,4); limitação por aspectos físicos (pré PRC: 25 e pós PRC: 45) estado geral de saúde (pré PRC: 64,9 e pós PRC: 82,7). Quando levada em consideração a análise estatística por teste T- Student, todas as dimensões do MOS SF-36 apresentaram-se estatísticamente significantes, com p< 0,05.

Palavras-chave


Doença Arterial Coronariana; Qualidade de Vida; Reabilitação Cardiovascular.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.