Análise das Funções Pulmonares em Crianças e Adolescentes Obesas e a Relação Com Broncoespasmo

Daniele Almeida Ferreira, Yaskara Amorim Filgueira

Resumo


Considerada, atualmente, como uma epidemia, a obesidade é uma afecção que pode atingir graus capazes de afetar a saúde. Em paralelo, a asma é outra afecção de elevada prevalência que partilha com a obesidade fatores em comum, tendo influência direta sobre os volumes e capacidades pulmonares. O estudo tem por objetivo analisar, por meio de revisão literária, o efeito no sistema respiratório do sobrepeso e obesidade, de crianças e adolescentes, e sua relação com atopias (asma). É estudo retrospectivo com periódicos publicados entre o ano de 2000 - 2010, com levantamento realizado junto às bases de dados de sites como SciELO, SBP, OMS, ABESO, Diretrizes Médicas e Ministério da Saúde. Tem como critérios de inclusão artigos disponíveis na íntegra e que abordem o assunto, com amostragem significativa e metodológica. Observou-se que a obesidade provoca alterações estruturais e funcionais sobre o sistema respiratório, o que pode ser comprovado através da prova de função pulmonar. Pode levar a depender do grau de obesidade ao surgimento de distúrbios ventilatórios e outras complicações, bem como favorecer o surgimento da asma.

Palavras-chave


Obesidade; Crianças; Adolescentes; Asma; Função Pulmonar

Texto completo:

PDF


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.