Perfil Gestacional e de Recém-Nascidos no Município de Campo Mourão – PR

Kesley Oliveira Reticena, Luciana Conci Macedo

Resumo


O presente estudo teve como objetivo conhecer o perfil das gestantes e seus recém-nascidos atendidos no Hospital Maternidade Santa Casa de Campo Mourão-PR, e verificar uma possível associação entre esses dados. Foi realizado um estudo quantitativo, sendo a amostra constituída por 102 puérperas e seus recém-nascidos, durante o período de fevereiro a abril do ano de 2009. Os resultados mostraram que 71,5% das puérperas estava na faixa etária de 20 a 35 anos, com média de idade de 24 anos; 78,4% tinha renda familiar de até 2 salários mínimos; e 33,3% delas concluíram o ensino médio. Os valores médios de medidas antropométricas das puérperas foram: altura 1,60 m; peso pré-gestacional: 58,7 quilogramas (kg); ganho de peso gestacional (GPG): 12,7 kg; e índice de massa corporal (IMC) pré-gestacional de 22,74. Entre os recém-nascidos (RN) 84,3% teve peso ao nascer maior que 2500g; 53,9% menos de 48 centímetros (cm) de estatura; 85,2% mais que 32cm de perímetro cefálico; e 72,5% mais que 32cm de perímetro torácico. Verificou-se que quanto maior o IMC pré-gestacional maior o peso do RN; quanto maior o GPG maior o peso e a estatura do RN; e do total de mulheres que fumavam, 85,7% tiveram RN com estatura inferior a 48cm. Concluiu-se que o perfil gestacional apresenta uma possível associação com a saúde do RN; que a maioria das puérperas tinha um perfil gestacional adequado a este período, e ainda percebeu-se que os RN nasceram, de uma forma geral, aptos à sobrevivência.

Palavras-chave


Gestação; Perfil gestacional; Recém-nascidos

Texto completo:

PDF


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.