O Corpo com Deficiência: Uma Reflexão sobre os Modelos de Saúde

Nathália Alonso Martins, Grasiely Faccin Borges

Resumo


Na sociedade contemporânea exprimem-se os padrões estéticos com tamanha importância dando ênfase à valorização física do ser humano e interferindo no aspecto de sociabilidade do indivíduo. As alterações do corpo com deficiência ficam por sua vez estigmatizadas, com significado de fragilidade e efemeridade do indivíduo. Para o modelo médico tratar o corpo como causa primária à doença, ignorando as estruturas sociais, como a opressão e a marginalização que o modelo social valoriza, resultando em dois modelos antagônicos à visão da deficiência. De acordo com o modelo biopsicossocial, a funcionalidade e a incapacidade dependem da interação dos fatores biológicos, psicológicos e sociais, no qual vão determinar a atividade e participação do indivíduo. O objetivo deste estudo foi investigar a relação do corpo com deficiência e traçar um paralelo com os modelos de saúde. Por meio de uma revisão de literatura qualitativa, com busca bibliográfica nas bases de dados eletrônicas: National Library of Medicine (MEDLINE/PubMed), Scielo e SPORTDiscus, foram utilizados como descritores na língua inglesa: Human Body; Disabled Persons; Social Justice; Body Image; Vulnerability. A diferença corpórea presente na deficiência valoriza ainda mais o corpo, tornando-o sempre presente. A transição de modelos é clara na literatura, todos os modelos possuem pontos positivos e também lacunas, entender em qual modelo de saúde o corpo com deficiência é visto, pode influenciar diretamente nas práticas exercidas e também nas futuras investigações sobre o tema, na tentativa de promover a equidade social.

Palavras-chave


Corpo Humano; Pessoas com Deficiência; Justiça social; Imagem corporal; Vunerabilidade.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.