Perfil Nutricional e Prática de Atividade Física em Policiais Militares em Vitória-ES

Juliana Prando, Ivania Elisa Bufolo Cola, Mírian Patrícia Castro Pereira Paixão

Resumo


A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal e acarreta repercussões à saúde. A transição nutricional mostra mudanças nos hábitos alimentares caracterizada por uma elevação no consumo alimentar e na prevalência de obesos na população, principalmente entre adultos trabalhadores. O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência de sobrepeso e obesidade abdominal, consumo alimentar e nível de atividade física de policiais militares após período probatório. O consumo alimentar foi avaliado por meio de um QFCA e o nível habitual de atividade física foi investigado mediante a aplicação do IPAQ versão curta. A avaliação nutricional foi feita por meio das medidas de peso e estatura foram utilizados para a determinação do índice de massa corporal (IMC) e da circunferência da cintura (CC) e sua caracterização foi feita de acordo com Consenso Brasileiro de Cardiologia e Hipertensão (2010). Foram avaliados 79 policiais militares, que corresponde a 64,2% do efetivo do pelotão, 86,08% do sexo masculino e 13,92% do feminino. Com relação à atividade física 50,4% foram classificados como ativos. Também, constatou-se que 61,8% estavam com sobrepeso e 22,1% com obesidade, sendo que apenas 20,6% apresentavam risco elevado com relação à CC. Entre as mulheres, 45,5% estavam com sobrepeso e 18,2% com obesidade e 27,3% apresentavam CC elevada. Analisando o consumo alimentar, pode-se observar que indivíduos com excesso de peso apresentaram consumiram mais alimentos do grupo dos energéticos extras e construtores. Por outro lado, os eutróficos apresentaram maior ingestão diária de bebidas alcoólicas, café e chás.

Palavras-chave


obesidade abdominal, circunferência cintura, índice de massa corporal, fatores de risco.

Texto completo:

PDF


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.