A Implantação do Mapa de Riscos no Ambiente de Trabalho: Revisão Integrativa Acerca de Técnicas Inovadoras

Tamyris Targas Mota, Oleci Pereira Frota

Resumo


Os objetivos deste estudo foram caracterizar a produção científica nacional sobre técnicas inovadoras para implantação do Mapa de Riscos nas empresas e identificar essas técnicas. Trata-se de uma revisão integrativa realizada nos bancos BVS, SciELO e Google Acadêmico com os descritores controlados “mapa de risco” e “acidentes de trabalho”. A amostra foi constituída de três estudos. Os resultados apontam que, apesar de escassas, existem técnicas diferenciadas e inovadoras para a implantação do mapa de riscos em diferentes contextos e ambientes, e que foram implantadas em diferentes momentos da produção do mapa. Os resultados permitiram a separação das técnicas encontradas em duas categorias: mecanismos de inovações metodológicas e mecanismos de inovação tecnológica. Concluiu-se que todas as técnicas identificadas obtiveram resultados satisfatórios e mostraram-se instrumentos eficazes para a implantação de Mapas de Riscos de qualidade.

Palavras-chave


Mapa de Riscos; Técnicas Inovadoras; Saúde do Trabalhador

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.