Aplicação de Protocolos de Triagem Nutricional em Idosos Hospitalizados

Cláudia Rucco Penteado Detregiachi, Karina Rodrigues Quesada, Daiana Cristina Primo, Juliana Caroline Rosa, Lucimar Quilles Nunes, Miriam Aparecida Aguiar Vieira

Resumo


Diferentes métodos de triagem nutricional foram propostos na literatura a fim de permitir a determinação do diagnóstico nutricional de forma rápida e com menor custo. O presente estudo objetiva identificar o nível de concordância entre o diagnóstico nutricional quando os pacientes idosos hospitalizados são avaliados pelos protocolos Mini Avaliação Nutricional (MAN), Avaliação Nutricional Subjetiva Global (ANSG) e Nutritional Risk Screening (NRS-2002) buscando determinar qual das duas ferramentas de triagem nutricional mais se aproxima da eficácia consagrada da MAN. Trata-se de um estudo transversal realizado em dois hospitais gerais públicos da cidade de Assis - SP. Foram avaliados 102 pacientes idosos com média de idade de 72,3 ± 9,4 anos, dos quais 54% eram do sexo feminino. Na distribuição da frequência relativa do diagnóstico nutricional segundo a aplicação dos protocolos de triagem nutricional, a MAN foi o que apontou maior percentual de desnutrição (69%), seguida da NRS-2002 (45%) e da ANSG (7%), sem distinção entre os sexos. Para analisar a confiabilidade dos métodos diagnósticos ANSG e NRS-2002, tomando como padrão ouro a MAN, foi analisado o grau de concordância entre os métodos, tendo sido encontrada melhor concordância (regular a boa) da NRS-2002 com a MAN além de uma associação significativa entre estes protocolos de triagem nutricional. Em conclusão, os resultados deste estudo demonstram que o protocolo NRS-2002 apresentou boa concordância com o método de referência MAN, diferentemente da ANSG. Assim, sendo a NRS-2002 uma ferramenta rápida, de fácil utilização e sensível para detectar estado de desnutrição, recomendamos o seu uso em nível hospitalar.

Palavras-chave


Avaliação Nutricional; Desnutrição; Estado Nutricional; Idoso

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.