Formação Interdisciplinar em Educação Física: Política para Promoção da Saúde e QV

Gumercindo Vieira dos Santos

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar a relação entre as diretrizes da Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS) e a necessidade de abordagem interdisciplinar na formação dos profissionais de saúde para garantir a implantação da referida Política. A análise baseou-se numa revisão sistemática abrangendo conteúdos apresentados em diversas fontes legais, artigos e de referências relativas à Promoção de Saúde. Considera que toda Política Pública é uma intervenção na realidade social para assegurar os direitos do cidadão. Destaca a necessidade de preparar o exercício de um novo papel junto à população transformando os ritos da atenção à saúde e os processos de gestão do sistema. Da mesma forma, o enfoque interdisciplinar na formação em Educação Física (EF) pode favorecer sua participação qualificada nos processos de Educação para a Saúde e Qualidade de Vida, na promoção e gerenciamento das ações intersetoriais, base de toda Política Pública para a Saúde Integral.

Palavras-chave


Política Nacional de Promoção da Saúde; Formação Profissional em Saúde; Formação Interdisciplinar em Educação Física

Texto completo:

PDF


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.