Resiliência como Fator Protetor no Consumo de Drogas entre Universitários

Luiz Roberto Marquezi Ferro, Carolina Meneses-Gaya

Resumo


O consumo de drogas lícitas e ilícitas tem aumentado consideravelmente no mundo todo. Este trabalho teve por objetivo identificar o uso abusivo de drogas em uma amostra de estudantes universitários e suas possíveis associações com resiliência. A metodologia utilizada foi de pesquisa descritiva com uma população de 152 universitários. A coleta dos dados se deu de forma online, as participantes responderam ao TCLE, o questionário sociodemográfico, o instrumento para mensurar resiliência (Escala de Resiliência de Wagnild e Young) e consumo abusivo de droga (ASSIST). Para verificar a associação entre o uso abusivo de drogas e a variável estudada foi utilizado o modelo de regressão logística. Verificou-se um elevado consumo de drogas entre os estudantes avaliados. A regressão logística revelou uma associação significativa entre o uso de tabaco e alta resiliência e para o consumo de álcool e alta resiliência. Desta forma, conclui-se que alto índice de resiliência é um fator protetor em relação ao uso de álcool e tabaco.

Palavras-chave


Promoção de Saúde; Consumo de Drogas; Resiliência

Texto completo:

PDF


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.