Espiritualidade e Resiliência em Pacientes Oncológicos

Maria Tereza Soratto, Dipaula Minotto da Silva, Paula Ioppi Zugno, Raquel Daniel

Resumo


Resiliência significa a capacidade de recuperar-se de adversidades, força, resistência, superação diante do processo de adoecimento. Este estudo configura-se em pesquisa com objetivo de identificar a importância da espiritualidade na resiliência em pacientes oncológicos internados em uma unidade oncológica hospitalar. Trata-se de pesquisa de campo com abordagem qualitativa descritiva. O estudo foi desenvolvido com dez (10) pacientes em tratamento em uma clínica de internação oncológica de um hospital de grande porte e alta complexidade da Região Sul de Santa Catarina. A análise dos dados foi realizada a partir da Técnica de Análise de Conteúdo. Os pacientes destacaram as dificuldades enfrentadas com o processo de adoecimento, relatando as transformações que surgiram na rotina familiar, nas atividades de vida diária e na própria fé em Deus. Os pacientes oncológicos consideram que existe influência da espiritualidade na resiliência para enfrentar o processo de adoecimento e tratamento. Cabe à enfermagem compreender e valorizar a relação entre espiritualidade e o enfrentamento do câncer. O cuidado espiritual em enfermagem pode ser considerado base da humanização da assistência, princípio norteador da ética do cuidar.

Palavras-chave


Câncer; Enfermagem; Espiritualidade; Resiliência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9206.2016v9n1p53-63

Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.