Influência do Treinamento de Flexibilidade e Força Muscular em Atletas de Ginástica Rítmica

Jessica Miranda Silva, Daniel Vicentini de Oliveira, Daniel Eduardo Cunha Leme, José Roberto Andrade do Nascimento Júnior, Ana Luiza Barbosa Anversa

Resumo


O estudo teve por objetivo analisar a influência de um treinamento na flexibilidade e força muscular de atletas de ginástica rítmica (GR). Trata-se de uma pesquisa quase experimental, composta por 15 atletas de GR, de 09 a 13 anos. Para avaliação da flexibilidade foi utilizado o Teste de Sentar e Alcançar e o Teste de Flexibilidade Adimensional. Para avaliação da força muscular, foi utilizado o teste de impulsão vertical e horizontal. Foi realizada avaliação pré e pós-intervenção, com os testes citados acima. O protocolo de intervenção foi composto de exercícios específicos de flexibilidade e força muscular. Verificou-se que tanto a flexibilidade linear (p = 0,009) quanto à flexibilidade adimensional (p = 0,001) melhoraram após a intervenção. Houve diferença significativa também na impulsão horizontal (p = 0,001) e vertical (p = 0,001). Por meio dos resultados adquiridos, pode-se concluir que o programa de exercícios de intervenção se refletiu de forma positiva na flexibilidade e a força muscular das atletas de GR.

Palavras-chave


Educação física; Esporte; Exercício físico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17765/2176-9206.2016v9n2p325-331

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.