Influência da Orientação Nutricional no Perfil Antropométrico de Idosas Praticantes de Hidroginástica - Orientação Nutricional para Idosas

Vanessa Taís Nozaki, Mirian Belotti Baldan Guerra

Resumo


Este estudo teve como objetivo avaliar o perfil nutricional de idosas freqüentadoras de hidroginástica após orientação nutricional. Foram avaliadas 35 mulheres com idade superior ou igual a 60 anos no município de Maringá. A pesquisa foi realizada em duas etapas: avaliação antropométrica e orientação nutricional, e após 40 dias, reavaliação antropométrica. As variáveis antropométricas foram: peso, estatura, dobra cutânea tricipital, circunferência muscular do braço, cintura e quadril. Para avaliação nutricional foram calculados: o índice de massa corporal, a área muscular do braço e a relação cintura/quadril. Com relação às características antropométricas, constatou-se que todos os índices avaliados apresentaram alterações entre o início e final do estudo. O índice de massa corporal apresentou-se no início com 46,66%, com sobrepeso, e no final passou para 43,33%. Conclui-se que é necessária uma intervenção nutricional por tempo prolongado e constante para que ocorra maior adesão às modificações de hábitos alimentares e melhora do estado nutricional.

Palavras-chave


Idosos; Avaliação Nutricional; Antropometria; Elderly; Nutritional Assessment; Anthropometry.

Texto completo:

Artigo_Pdf


Saúde e Pesquisa
Unicesumar, Maringá (PR), Brasil
ISSN 2176-9206 On-line
Contato: naep@unicesumar.edu.br

ISSN 1983-1870 Versão impressa interrompido em 2019

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.