Comentários do leitor

Pesquisadores Desenvolvem Elevador De Baixo Custo Para Deficientes No Amazonas

por Isadora Dias (2018-07-02)


Portanto, não basta existir equipamento de acessibilidade. É preciso que equipamento esteja funcionado corretamente e consiga cumprir seu objetivo que é facilitar a locomoção e acesso da pessoa com dificuldades, de maneira que não seja excluída ou impedida do convívio social.

elevadores pequenos residenciais preçoPessoas com necessidades especiais são assim chamadas porque realmente são especiais. A discriminação negativa é sobre tudo a que prejudica determinado grupo ou cidadão pela criação de situações injustas. Pode ser encontrada em duas formas: direta ou indireta. A discriminação negativa direta é aquela exercida por meio da adoção de regras que estabelecem distinções através de proibições. É preconceito expressado por meio de normas legais ou sociais. Como exemplo poderíamos citar a colocação de uma placa em prédio residencial dizendo ser proibida a entrada de negros nos elevadores sociais. Já a discriminação indireta é aquela que se apresenta em situações aparentemente neutras, mas que notadamente remetem a desigualdades. Esta última forma é tão ou mais danosa que a primeira e é, atualmente, a mais comum em nosso país. Se no mesmo prédio citado no exemplo anterior, não existisse a aduzida placa, mas se os moradores, veladamente, se recusassem a entrar no elevador por causa da presença de um negro, ali, sim, teríamos um exemplo de discriminação indireta.

Os sistemas de comando das plataformas elevatórias BD podem ser utilizados por todas as pessoas com mobilidade condicionada ou reduzida, incluíndo pessoas com deficiência visual. Inicialmente pode-se instalar qualquer modelo de elevador em residências: Elevadores de passageiros, panorâmico, panorâmico especial, monta-cargas, etc., desde que se tenham as condições técnicas para isto (rede elétrica trifásica e poço de 1,20m, entre outras). Porém existe, na legislação, uma categoria de elevador exclusiva para uso residencial, denominada Elevador Unifamiliar". São elevadores para atender uma única família, regidos pela ABNT NBR 12892 de 18 de maio de 2009, que permite algumas concessões específicas para estes elevadores.

Os elevadores Unique foram projetados para garantir conforto e segurança. Os elevadores residenciais pneumáticos" são conhecidos por serem muito barulhentos. Eles vêm com sua própria grua, portanto, não precisa de uma sala de máquinas. Eles usam um sistema de sucção a vácuo para transporte na cabine de elevador entre os andares.

Os elevadores residenciais são, em sua maioria, ou elétricos (também chamados de eletromecânicos) ou hidráulicos. Estes últimos só dependem de energia elétrica para subir, não para descer, pois descem movidos pela força da gravidade. Desse modo, em caso de falta de energia elétrica, passageiro não fica preso.

Todos os dias de manhã para ira pro trabalho a Kátia pega dois ônibus e para voltar outros dois. E não é difícil ela esperar até por mais de meia hora até que apareça um ônibus com elevador, com a plataforma que eleve a cadeira de rodas. Um deles, por exemplo, era ônibus que ela deveria pegar. Mais um que passa sem ter chamado elevador de carga para predio para as pessoas com deficiência.

3: Elevadores de passageiros convencionais também possuem requisitos de acessibilidade. A instalação de um produto qualquer não garante atendimento às exigências apresentadas pelos órgãos fiscalizadores. A norma que define essas características (ABNT NM 313) é extremamente detalhada. Exige design com contraste de cores, capacidade de carga, dimensão mínima da cabine, dispositivos mais sofisticados na interface, como sinalização sonora com voz, indicadores de pavimentos e sensores.

Estudar a relação pessoa-ambiente no contexto natural, vista como totalidade (ontologia), abordar a dita relação de maneira holística (metodologia), incorporar diversas perspectivas teóricas em seu estudo (epistemologia), enfatizar a dimensão social da relação humano ambiental, estabelecer vínculos com outras disciplinas interessadas na temática humano ambiental (interdisciplinaridade), aplicar os conhecimentos obtidos para melhorar a qualidade ambiental e, por conseguinte, a qualidade de vida dos usuários dos ambientes (pertinência social).

A segurança de cada usuário do elevador residencial depende diretamente de manutenções periódicas geralmente mensais, e se faz necessária independente do número de vezes que é utilizado por dia, essa é a maneira para prevenir mau funcionamento em alguma parte do sistema.

A qualidade da Plataforma para Deficientes Físicos está em todas as etapas do processo: profissionais altamente especializados são responsáveis pela instalação e manutenção dos equipamentos, e atendimento é feito por meio de representantes ou parceiros comerciais.

Apresentação: A norma de elevadores de passageiros para acessibilidade, ABNT NBR NM 313:2008, que substituiu e cancelou a partir de 2008 a ABNT NBR 13994:2000, estabelece os requisitos mínimos para projeto, fabricação e instalação de elevadores para pessoas com deficiência. É um texto complementar às normas para equipamentos convencionais, que determina características especificas para tamanho da cabine e a interface do usuário com elevador.