Comentários do leitor

Conselhos Para Comprar A Mala De Viagem Ideal

por Pedro Francisco Viana (2018-06-01)


Uma dica final é seguinte. Caso seu destino seja um famoso centro de compras ou você esteja planejando trazer algo a mais na volta, calcule espaço na mala pensando também nesses itens. Comprar roupas na cidade de destino pode ser uma boa alternativa não encher muito a mala na ida, mas é importante deixar espaço para incluí-los na volta.

levar nas malas13.1 As partes reconhecem que presente contrato regula a prestação de serviços relacionada à comercialização produtos usados, sendo que as partes se comprometem a divulgar no site apenas imagens reais dos Produtos, sendo vedada a utilização de qualquer imagem, marcam ou direito de propriedade industrial de terceiros.

Preparar a bagagem para viajar fica mais difícil quando você não se sabe exatamente qual tamanho e modelo de apetrecho levar. tirar mancha bolsa de couro de mão, de rodinhas, ou será que uma mochila sozinha dá conta de tudo? Se você também passa por esse tipo de indecisão, algumas dicas para comprar malas de viagem ajudam a evitar dores de cabeça antes de pegar a estrada - ou avião.

Por mais que a estética conte pontos a favor, uma mala de viagem precisa ser, em primeiro lugar, muito funcional. Fábio Vicente Nunes, gerente de comércio da Nycow, fabricante de malas, orienta que consumidor precisa estar atento para saber como vai guardar produto ainda na hora da compra. Ele menciona que nem sempre é possível colocar as malas do mesmo jogo umas dentro das outras por causa dos pés e rodinhas. Neste caso, elas ocuparão mais espaço e forçar para que se encaixem pode danificá-las.

Todas as malas durarão mais tempo se-lhes dispensar regularmente alguns cuidados. A escolha da mala ideal para viagem pode parecer um assunto clichê, mas a verdade é que esse item faz uma diferença e tanto no momento da viagem. Sim, a mala será sua companheira em pelo menos duas situações importantes: a hora do embarque, e a hora da chegada no destino escolhido para seu intercâmbio. Afinal, em muitos casos, é você mesmo quem vai carregar a sua mala ao chegar no aeroporto, nas estações de trem ou pontos de ônibus.

levar nas malasque vai levar nessa mala? Essa é a pergunta, já que a policarbonato ou fibra (aquele material rígido) não amassa as roupas e protege bem que está dentro, no entanto caso se rompa não há conserto. Já poliéster e algodão, apesar de ser um pouco menos resistente e amassar roupas são mais leves e ocupam mais espaço.

Ela é a principal companheira dos viajantes, mas também pode se tornar a principal dor de cabeça em uma viagem. Por isso, quando comprar uma mala é pasta preta cavezzale preciso ficar atento a detalhes e fazer uma boa escolha. Já que é um produto que poderá ser utilizado diversas vezes e deve ser um facilitador na viagem, e não um problema. Pensando nisso Maior Viagem conversou com Renato Rotta, responsável pelo marketing da Samsonite no Brasil, que deu dicas importantes de como escolher uma mala boa.

Estou planejando uma viagem pra NZ, pretendo ficar lá 5 meses. Tenho grande dúvida que tipo de mala levar: a rígida, a de tecido e uma outra sem estrutura, todas com 4 rodinhas (claro). Achei a de tecido muito pesada e já estou descartando. A rígida me agradou mas tem gente falando que ela pode quebrar fácil pois os funcionário jogam as malas de qualquer jeito e a sem estrutura é mais leve mas estou com medo de ela rasgar fácil ou quebrar alguma peça. Não pretendo levar nenhum objeto que quebre dentro da mala e meus eletrônicos irão na bagagem de mão.

Quanto mais leve a mala, melhor. Há no mercado as chamadas ultra leve (ou ultra light ou ultra-lite) que pesam bem menos. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), em voos domésticos, cada passageiro pode levar bagagens com até 23 quilos. No caso dos voos internacionais, isso varia de acordo com a companhia aérea.

Para quem busca qualidade e bons preços a Lansay é considerada a melhor marca para este tipo de aquisição. Os consumidores mais assíduos do gênero dizem que os produtos deste selo podem durar longos anos sem que usuário tenha que tomar muito cuidado com relação às constantes higienizações. Valores por intermédio de R$150.

Malas com bolsos: Uma dica importante, para qualquer viagem longa, é optar por bagagens que possuam bolsos internos e externos. Dessa forma, turista consegue pegar facilmente alguns pertences menores sem ter que revirar toda a organização das roupas. Sem contar que ainda ganha espaço para colocar mais peças de vestuários e pertences. Mesmo com uso de cadeado, as coisas de menor valor (financeiro ou sentimental) devem ser colocados nos bolsos externos.

Embora um bom cadeado não seja a garantia de que sua bagagem chegará intacta, ele é capaz de aumentar significativamente suas chances. Um bom cadeado permite que você possa viajar tranquilamente, adicionando itens de valor à sua bagagem com um risco bastante reduzido.

É legal que a mala seja expansível para garantir que você consiga acomodar aquelas comprinhas que fez durante a sua viagem. Também escolha uma mala com rodinhas com giro 360 graus, facilita muito a nossa vida nos aeroportos. Também escolha uma mala fosca e porosa, aquelas malas brilhantes ficam totalmente riscadas já na primeira viagem, caso a mala seja despachada.