Comentários do leitor

Estante Para Miniaturas Oferta Lisboa Olivais 30€

por Leonardo Farias (2018-06-06)


Sabe aquele livro de histórias infantis que você não abre há muito tempo? E aquele gibi já lido tantas vezes que repousa na estante? Para que crianças de quatro escolas rurais de Curaçá-BA tenham a oportunidade de lê-los projeto Leitura e contação de histórias, coordenado pela professora Patrícia Alves e a estudante Aline Miranda, do campus Petrolina Zona Rural do IF Sertão-PE, está promovendo uma campanha de doação de livros infantis e gibis. Eles podem ser entregues na Pró-reitoria de Extensão do IF Sertão-PE ou na coordenação do Campus Zona Rural até dia 31 de dezembro.

estante para carrinhosSempre procurei inserir algo de quadrinhos aqui na Collectors Room, e agora isso ficará ainda mais forte através da coluna Minha Estante, onde entrevistaremos colecionadores de quadrinhos e mostraremos os seus incríveis acervos, na linha do que já feito no Minha Coleção com os colecionadores de discos.

Abaixo, segue uma das entrevistas que fiz para a matéria, com escritor e roteirista Ivan Jaf, autor do lançamento Dom Casmurro, da Editora Ática. Além de adaptar Dom Casmurro, Jaf transpôs para os quadrinhos histórias Cortiço, Guarani, A Escrava Isaura e Memórias de um Sargento de Milícias. Também adaptou obras de Edgar Alan Poe, Julio Verne e E.T.A. Hoffmann, entre outros.

Estante em acrilico sob medida para miniaturas articuladas da Pat Pinheiro. "As práticas da Estante convergem com os valores da Cultura, uma empresa que começou sua história justamente alugando livros novos e usados, como quis minha avó, Eva Herz. Hoje, mais do que nunca, acreditamos na importância de propagar a cultura do reuso no país. E, através dela, contribuir ainda mais com a democratização do conhecimento, algo que já fazemos não só nos canais de venda, mas também com eventos, publicações, teatros, projetos culturais", explica Sergio Herz, CEO da Livraria Cultura e da Fnac Brasil. Ao mesmo tempo, a Estante é uma empresa com foco em tecnologia e inovação, também dois dos pilares mais importantes da Cultura, tanto em seus sites quanto em suas lojas".

Acho que acabei de responder na anterior. Acho que isso pode trazer mais conhecimento não só pra mim, como pras pessoas para quem empresto meus quadrinhos. Isso ajuda a popularizar a cultura do colecionismo e a cultura em si de um jeito lúdico. Adoro emprestar minhas coisas e despertar nas pessoas a mesma vontade e necessidade por histórias que eu tenho.

Com tudo isso, chegamos ao ponto crucial da matéria. que é melhor? Comprar estantes prontas, moduladas, ou fazer um móvel planejado? móvel planejado é mais caro de todos, mas também é a melhor opção de todas. Se a pessoa pode gastar um pouco mais, possui um bom arquiteto de interiores para projetar um móvel com soluções satisfatórias que atenda sua demanda, e conhece um bom marceneiro: terá melhor móvel para guardar sua coleção de quadrinhos. E isso vale para os quadrinhos, para os discos de vinil, para uma cozinha, quarto, ou salas planejadas.

Quanto à profundidade da estante eu a faço internamente tendo 35 centímetros e as prateleiras tendo 30 centímetros de profundidade. Esses 5 centímetros que me sobram é mais que suficiente para ter as duas portas de vidro blindex. Costumo fazer duas portas de correr para lados opostos. Isso facilita a abertura se seu quarto ou sala tem um espaço pequeno. Dá para se fazer com portas de abrir para fora, mas você tem que prever espaço em volta para quando ela abrir não bater nos móveis em volta. Prefira a de correr. Quanto à profundidade da prateleira, 30 centímetros é ótimo para encadernados que são feitos com as folhas deitadas" tipo aquele "300 de Esparta" do Frank " Miller. Como a maioria dos encadernados não passam de 21 centímetros de profundidade, ainda sobra espaço na frente deles para colocar alguns enfeites: tipo os bonequinhos de personagem, canecas customizadas, ou outras quinquilharias (veja a IMAGEM 6).

Olá! Eu sou a Nine Stecanella e você está no Estante da Nine. Nasci e moro em Caxias do Sul no Rio Grande do Sul. Criei blog em 2009, após ter algumas outras páginas com uma amiga, e por aqui compartilho os meus assuntos favoritos, entre eles livros, filmes, séries de TV, esportes e amor pelos animais. Mas não é só isso. Também escrevo sobre decoração, artesanato, cuidados com a casa e alguns dilemas que todos nós, leitores ou não, passamos.

Coleciono algumas outras coisas, como miniaturas e livros teóricos sobre quadrinhos, mas claro que não me dedico tanto à elas quanto aos quadrinhos. Mas já tive outras coleções durante a vida: figurinhas de chiclete, do campeonato brasileiro, de moedas, de action figures e, pasmem, de papel de carta.

Fundada como uma empresa de bobbleheads" em 1998, não demorou em perceberem mercado em rápida expansão de itens de coleção de diversos tipos de fontes, como por exemplo, filmes de popularidade mundial como Star Wars ou desenhos animados de sucesso. Desde então, a Funko vem adquirindo cada vez mais licenças para criar seus incríveis produtos, atualmente trabalhando até mesmo com utensílios para casa e diversos tipos de colecionáveis que são revendidos em dezenas de países.