Comentários do leitor

A "Estante Ideal Pra Quadrinhos"

por Leonardo Farias (2018-06-13)


estantes colecionadorEla destaca que a personalização varia conforme perfil e os gostos do morador. No caso de um quarto de criança, móvel deve ser projetado levando em conta toda a sorte de objetos e brinquedos a serem guardados. Em se tratando de um colecionador, por outro lado, as estantes que exploram toda a extensão do pé direito são as mais indicadas.

Foi quando um gato chamado Plutão, acabou entrando na vida do casal. Um gato preto, grande e gracioso e assim Plutão cativou seu lugar como preferido dentro da casa. Mas com tempo, narrador acabou mudando seus hábitos, dia após dia, ele se tornava mais rude e indecifrável, até dia que começou a utilizar a violência não só contra seus animais, mas também com sua esposa. caráter do homem havia mudado, motivado pelo álcool e perturbado por algo ainda pior, seu humor não melhorava. Até ponto que nem mesmo Plutão ficaria imune as mudanças de humor do dono. Foi num dia de completa embriaguez que narrador resolveu punir gato por tentar evita-lo e assim, Plutão acabou perdendo um de seus olhos, porém, este ato impensado não só traria consequências ao gato, mas também mudaria seu dono completamente.

Todos os colecionadores tem uma grande estima por seus itens de coleção e especialmente aqueles raros e exclusivos. Porém, os gibis ou histórias em quadrinhos sofreram grandes alterações na forma como a história é contada. Técnicas narrativas diversas, temas que já não se adaptam para uma audiência infantil e histórias cada vez mais complexas. Tudo isso fez com que os gibis do século XX se tornassem coisa de gente grande também. E, além disso, os gibis são objetos clássicos de coleção.

Afinal, reunir em uma única coleção as cerca de 500 HQs escritas e desenhadas por Carl Barks - Homem dos Patos", criador do Tio Patinhas e celebrado em todo mundo como maior quadrinhista Disney de todos os tempos -, com tanto apuro gráfico e editorial, foi um presente tão inesperado quanto valioso para os fãs brasileiros, até então acostumados a ver apenas leitores de outros países serem brindados com publicações desse naipe.

Nao sou assinante , compro nas bancas e venho tendo tambem duvidas de como melhor expor minhas figuras. se bem que ja as exponho em duas prateleiras, mas como sao 200 aqui no pais, estou pensando em fazer um movel bacana, pois a coleçao merece nao e rs, tive a sorte de encontrar esse grupo em vc faz parque. minha esposa tambem curti as figuras pretento colocalas em uma prateleira com portas de vidro mas na parade tenho lampadas de croica na direçao onde ja estao minha coleçao mas quero polas protegidas com portas bom abraços espero que possamos trocar ideias sobre os marveis saude e paz.

Terça-feira e já estamos no quarto dia daquele que é um dos melhores meses do nosso mercado com tantas obras finalmente chegando para nós. Livro muito bem conservado, com ilustrações colorida, sem grifos ou rasuras. 264 páginas cód. p14 Obs: as capas são geradas automaticamente pelo site da Estante. Desta forma algumas capas podem ser diferentes da capa do livro que está no Sebo. Se desejar solicite fotos ou perguntas.

- Estantes: móveis são caros e estes especializados para coleções, que exigem um projeto especifico e até uma mão de obra especializada, pode ser ainda mais caro. Porém, sem dúvida, ter estantes colecionador fechadas com vidro ou acrílico, costumizadas para seu espaço e para acomodar sua coleção, é normalmente a melhor opção em termos de beleza, praticidade e proteção. Se você tem dons para criar e executar projetos do tipo faça voce mesmo", os custos serão bem reduzidos, mas de qualquer maneira, minha sugestão é que procure sempre profissionais especializados e que estarão dispostos a fazer um móvel exatamente como você deseja, e deixá-lo saber que voce pode pedir ajustes e alterações após término é uma prática boa e necessária para que ao final você esteja 100% satisfeito com resultado e sua coleção estará linda e bem protegida.

Essa semana eu tava afim de mudar a organização da minha prateleira e fiquei super em dúvida de qual opção escolher. Pensando nisso eu decidi compartilhar as opções com vocês e deixar como dica para quem também está nessa fase de organização da estante.

A cada dia ficava mais nervosa e sucessivas vezes rasguei, mastiguei e engoli a folha da leitura, professor não falou nada comigo, mas falou pra meu pai que decidiu deixar-me em casa esperar um pouco mais, pois eu era muito nova, mimada por todos e não estava correspondendo ao seu esforço, seu desejo de os filhos estudarem.

Quanto à profundidade da estante eu a faço internamente tendo 35 centímetros e as prateleiras tendo 30 centímetros de profundidade. Esses 5 centímetros que me sobram é mais que suficiente para ter as duas portas de vidro blindex. Costumo fazer duas portas de correr para lados opostos. Isso facilita a abertura se seu quarto ou sala tem um espaço pequeno. Dá para se fazer com portas de abrir para fora, mas você tem que prever espaço em volta para quando ela abrir não bater nos móveis em volta. Prefira a de correr. Quanto à profundidade da prateleira, 30 centímetros é ótimo para encadernados que são feitos com as folhas deitadas" tipo aquele "300 de Esparta" do Frank " Miller. Como a maioria dos encadernados não passam de 21 centímetros de profundidade, ainda sobra espaço na frente deles para colocar alguns enfeites: tipo os bonequinhos de personagem, canecas customizadas, ou outras quinquilharias (veja a IMAGEM 6).