Comentários do leitor

O Gibi De Um Milhão De Dólares

por Leonardo Farias (2018-06-21)


Meu jeito de colecionar é que me preocupo em comprar jogos de qualidade, procurando conhecer vários tipos de jogos e franquias escolhendo-os de forma cautelosa, e ao mesmo tempo, quando gosto de determinada franquia, procuro obter tudo sobre ela, claro, à medida do meu orçamento.Eu piro com edições limitadas, mas também não saio que nem louca procurando obter tudo, até mesmo porque dinheiro não dá.

estante para vinilOlá Maurício e leitores do blog Old Races ! Sou Rodrigo Lobo, tenho 37 anos, médico oftalmologista e colecionador diecast de carros, principalmente na escala 1:64 além de alguns na escala 1:43. Comecei esse hobby em 2007 por influência de meu irmão mais velho, que tinha iniciado também há pouco tempo. Tive a sorte de encontrar, naquela época, as miniaturas da tradicional marca Matchbox (fundada na Inglaterra no final dos anos 1950s) facilmente nas gôndolas das lojas de departamentos aqui de Salvador e com preços convidativos (R$5,00). Escolhi esta marca por retratar de forma mais fiel os carros reais que vemos nas ruas, em comparação com a Hot Wheels que apesar de ser mais difundida visa mais público infantil com suas miniaturas multicoloridas.

Um dos meus passeios preferidos é ir até as livrarias da cidade xeretar as estantes. Gato Preto, lançado originalmente em 1843 em uma revista semanal, é um dos, tantos conhecidos, contos do autor que envolverão situações macabras e misteriosas. A Martin Claret resolveu apostar pela primeira vez, no formato de quadrinhos e nada melhor do que começar ilustrando uma história que envolva os sentimentos sombrios da natureza humana. Através das ilustrações de Diogo Henrique e Hugo Matsubayashi abriremos a carta do narrador, ele que narra sua própria história, desde a infância conturbada até a vida adulta. narrador conta que sempre prezou os animais e acabou se casando com uma mulher que os admirava tanto quanto seu marido.

Coleciono algumas outras coisas, como miniaturas e livros teóricos sobre quadrinhos, mas claro que não me dedico tanto à elas quanto aos quadrinhos. Mas já tive outras coleções durante a vida: figurinhas de chiclete, do campeonato brasileiro, de moedas, de action figures e, pasmem, de papel de carta.

João, formado em Sociologia, é um ícone bastante presente na cena cultural de Charqueadas. Músico e compositor, ele não somente admira a literatura, como também contribui com ela escrevendo crônicas. Amante dos livros, além de se identificar com Tex Willer, faz da leitura do gibi uma espécie de ritual.

Assim como em outros países, no Irã diversos grupos com correntes teóricas políticas também diversas disputam governo. A complexidade da realidade no Oriente está na existência de outras forças externas e militares que dificultam um processo de pacificação da vida. A família de Marjane Satrapi, por exemplo, lutava por um regime comunista e sua história foi desenhada nos quadrinhos em formato de autobiografia feito em 2001 e lançado em animação seis anos depois.

Funcionário público da UFPB, potiguar Alex de Souza está fazendo mestrado onde objeto de estudo gira em torno da presença do jornalista nas HQs e da novela gráfica inglesa Transmetropolitan - lembre-se que Superman e Homem Aranha são da área de comunicaçção, sem falar nos personagens coadjuvantes", disse.

estante para carrinhos5 The Complete Calvin garantindo assim, maior praticidade e aproveitamento de espaço.

Sabe aquele livro de histórias infantis que você não abre há muito tempo? E aquele gibi já lido tantas vezes que repousa na estante para carrinhos hot wheels? Para que crianças de quatro escolas rurais de Curaçá-BA tenham a oportunidade de lê-los projeto Leitura e contação de histórias, coordenado pela professora Patrícia Alves e a estudante Aline Miranda, do campus Petrolina Zona Rural do IF Sertão-PE, está promovendo uma campanha de doação de livros infantis e gibis. Eles podem ser entregues na Pró-reitoria de Extensão do IF Sertão-PE ou na coordenação do Campus Zona Rural até dia 31 de dezembro.