Comentários do leitor

Estante De Miniaturas Nichos De Caixa De Fósforo

por Antônio da Mota (2018-06-21)


estante para vinilIbáñez é um livro bem representativo e importante em qualquer coleção de HQs argentinas. É a única colaboração de dois grandes nomes dos quadrinhos, Robin Wood e Enrique Breccia. Esta edição de 2006 da Doedytores reúne pela primeira vez em livro as histórias dos autores em seu formato original preto e branco. É que nos anos 1980 a editorial Columba coloriu os originais de Breccia em uma tentativa de popularizar as histórias, mas tratamento foi horrível e bem aquém dos traços do desenhista argentino.

Podemos destacar uso das estantes, e também dos nichos artesanais, para mudar a decoração da sala de estar, e assim ter prateleiras bem criativas para guardar livros ou objetos de colecionador. Também podemos aproveitar estas dicas para deixar nossos materiais do ateliê mais organizados, como pincéis, tintas e muito mais.

A biblioteca infantil disponibiliza obras infantis e juvenis, gibis, revistas, em um ambiente alegre e acolhedor. Guilherme Mattje é analista de sistemas por profissão e um apaixonado por miniaturas desde sempre. Idealizador e autor do blog sobre miniaturas mini Ás, também faz parte do time ColeçãoVirtual. Enquanto toma café e escreve seus artigos, gosta de contribuir para facilitar a vida dos colecionadores.

A grande vantagem de utilizar prateleiras é a possibilidade de adicionar novas — sem estragar a composição — sempre que sua coleção aumentar e precisar de mais espaço. No entanto, muitas vezes há a necessidade de furar as paredes para instalar as prateleiras, que pode não ser tão prático.

Claro, tive que dedicar um tempo garimpando os anúncios, e escolhendo pacotes formados apenas por gibis que eu não tinha ou que prejuízo não fosse maior que 1 ou 2 por pacote. Peguei uns 5 repetidos nessa compra, mas ainda assim compensou muito, pois se tivesse comprado um por um separado preço seria muito mais alto.

Volto a este blog motivado pela última matéria sobre as lombadas de coleções ao redor do mundo, especificamente pela foto da estante do SEMI. Gostaria de inicialmente agradecer ao Leo por novamente ter me dado (epa!!!) a abertura (opa!!!) para eu escrever neste blog que muito tem me ajudado em minha coleção de quadrinhos.

Bom, um último comentário importante agora sobre a Evolukit. Ao entrar no site dela vocês podem acabar tomando um susto com os preços beirado R$ 1.000,00, mas calma, aquelas são estantes já prontas. que eu recomendo é que vocês façam como eu, entrem em contato com a central de vendas, eles vão iniciar uma negociação pelo whatsapp e ai vocês passam exatamente que precisam. Eu peguei uma prateleira de 116 x 38, mas vocês podem optar por uma menor de 60 x 23 que já é boa para mangás. Também podem pegar colunas menores, as minhas de 33cm são pensando nas HQ's que tem mais de 25 cm de altura, agora, uma estante apenas de mangás não precisa ser tão alta, então podem pedir por colunas de 28 ou 25 centímetros. Tudo é montável, vocês entram com as medidas e eles lhe passam a melhor opção.

Quando se fala em Disney, a primeira coisa que todos pensam é que são histórias infantis, mas isso não é bem verdade, essas HQs são muito capazes de agradar adultos também, sendo que alguns títulos são pensados primeiramente para velhos colecionadores. Indique algumas coleções lançadas no Brasil cuja qualidade artística é indispensável para qualquer leitor de quadrinhos que se preze.

lançamento mais empolgante da semana, é mesmo Y - Último Homem #9 (Panini, 22,90), penúltimo volume da história da Vertigo que mostra um mundo onde os homens foram extintos em uma hecatombe. Brian K. Vaughan e Pia Guerra fizeram uma das melhores séries do selo nos últimos anos, simplesmente porque sempre tiveram uma ideia clara de início, meio e fim. Isso anda fazendo muita diferença hoje em dia.

É com satisfação que a Livraria Cultura anuncia a compra da plataforma online estante para carrinhos hot wheels Virtual, líder em marketplace de livros na América Latina. A aquisição desta empresa de e-commerce, com 4 milhões de clientes cadastrados e 17,5 milhões de livros vendidos, vem ao encontro do atual movimento de expansão da Livraria Cultura, iniciado com a aquisição da Fnac no Brasil, em julho de 2017.

estantesLeitores simples: Se você está procurando por algo simples e rápido, que abre os seus quadrinhos e sai do caminho para que você apenas leia, Comical é uma boa escolha no Windows. Para Linux, recomendo Comix , que está nos repositórios do Ubuntu e é similar em termos de recursos. Comical também existe para Mac OS, mas no sistema da Apple eu recomendaria FFView , que é similar, mas nativo. Todos estes leitores foram feitos para serem leves, então eles não têm muitos recursos, mas todos têm algumas noas opções de visualizações, como rotacionar tudo em 90 graus (para que você possa virar laptop como se fosse um livro) e preencher a tela com a página de várias formas.

Acabei de ler Talco de Vidro, do Marcello Quintanilha. Talvez melhor quadrinho nacional que já li. Ele tem uma força de literacidade que se aproxima dos livros de romance muito mais que uma mera adaptação de clássicos da literatura. Ele é a própria literatura contemporânea que vemos hoje nos melhores autores. E não digo apenas brasileiros, mas os internacionais.