Comentários do leitor

Vai Viajar? Já Sabe Qual Mala Escolher? Jornal Online Bragança Em Pauta

por Pedro Francisco Viana (2018-07-01)


Por outro lado, a mala convencional é uma boa opção quando você não pretende fazer muitos deslocamentos. Ou ainda viajar para locais com maior estrutura e por um tempo muito curto. Para viagens que você precisa de um guarda-roupa mais formal e ‘no capricho', a mala ganha com certeza. E para as pessoas com problemas nas costas, a escolha da mala é uma decisão de saúde.

mala de bordo pequenaPara voos em empresas internacionais, os critérios podem ser mais ou menos rígidos. A TAP , por exemplo, determina 8kg, com 115cm. Já a Air Europa aceita até 10kg para a classe turística, não tratando do tamanho. Como possivelmente a pessoa deseja ter apenas uma mala bolsa de mão para festa bordo, que sirva para viagens nacionais e internacionais, os meus critérios de exclusão foram: Peso, dimensão e comodidade.

Produtos agressivos ou produtos de limpeza e desinfeção como, por ex., verniz para unhas e removedores de verniz para unhas, acetona, amoníaco, benzol, clorofórmio, preparados à base de fenóis, etc.) não podem ser usados, porque danificam as superfícies da mala.

mercado possui diversos tipos de malas produzidos por marcas mais antagônicas. Entretanto, poucas peças deste disputado mercado possuem exime qualidade para que turista possa ficar totalmente seguro. Quem ambiciona adquirir este respectivo bem manufaturado deve ir às lojas especializadas, seja no mundo online ou off-line. Existem dezenas delas espalhas pelo país. Confira algumas dicas para escolher os melhores modelos e locais para comprar malas resistentes.

Tá indo viajar e ainda não sabe qual a mala ideal para levar? Outro ponto importante é a praticidade que você vai ter em carregar a mala de viagem. Se os itens forem leves, uma mala de alças pode ser uma boa opção. Porém, se você pretende levar muitos quilos consigo durante a viagem a opção com rodinhas é a ideal.

Todas as malas durarão mais tempo se-lhes dispensar regularmente alguns cuidados. É período de férias e você vai viajar. Mas antes de ir para aeroporto , rodoviária ou entrar no carro, que você precisa fazer? Arrumar as malas. Mas e agora? Que tipo de mala é correto? hagah te explica qual você pode usar e te dá dicas legais sobre assunto.

Olá, amigas e amigos! Se você vai fazer uma viagem de avião e estiver em família, melhor é dividir conteúdo das Malas de Bordo As roupas devem ser despachadas com distribuição em todas as malas, evitando que, no caso de extravio de alguma bagagem, uma pessoa da família fique sem nada.

mala de bordo pequenaAs companhias aéreas têm regras, e a bagagem de mão tem um tamanho específico, somadas altura, largura e comprimento não pode ser maior que 115cm. Há também peso, cada empresa tem sua especificação para viagens nacionais e internacionais, e passado número informado pela empresa é preciso pagar um valor, então atenção no peso da mala. Isso pode ser a diferença entre estar dentro e fora do limite da franquia de peso. Leve em consideração também a duração e local de viagem. Caso fique poucos dias e vai levar poucas roupas pode usar uma menor, bolsa carteiro mas se vai fazer compram é melhor não utilizar uma muito pequena.

Eu sempre levei malas médias ou grandes, mas de um tempo pra cá, estou gostando de viajar só com a mala de bordo tamanho P. Também já expliquei em um post aqui, boas razões para viajar só com a mala de bordo, dá uma lida As vantagens são muitas, eu não preciso despachar, não preciso ficar esperando a restituição da mala no destino final, não tem risco de extravio e outras vantagens mais.

5 anos de garantia mundial nas malas executivas e de viagem (exceto nos Estados Unidos da América e Canadá). A RIMOWA oferece garantia de cinco anos para eventuais defeitos de fabricação para produto adquirido e conservado dentro das diretrizes e condições de uso abaixo indicadas, tanto para primeiro comprador, como para a pessoa que receba como presente, por meio da data de compra devidamente indicada no Certificado de Garantia do Fabricante (período de garantia).

Não se esqueça de reservar um espaço suplementar para as habituais lembranças ou outras compras feitas no seu destino de férias. Estes itens não costumam ser tidos em conta na hora de fazer a mala. Ao organizar os arrumos de modo a não ficar com uma mala sobrelotada à partida, também garante que tudo tem lugar no regresso a casa.

As malas rígidas são produzidas com materiais de alta durabilidade, como policarbonato e polipropileno, além de algumas composições exclusivas patenteadas por fabricantes. Geralmente são mais resistentes ao impacto e também não molham. "A desvantagem é que, dependendo do material e da qualidade da mala, a carcaça pode quebrar ou romper", explica Renato Rotta, responsável pelo marketing da Samsonite no Brasil. As malas mais duras também podem ser mais pesadas, se comparadas às de tecido, produzidas em poliéster e nylon. Outra vantagem das malas de tecido é preço mais baixo, porém, desgaste tende a ser mais acelerado.