Comentários do leitor

Estante De Miniaturas Para Armário

por Bianca Lima (2018-05-31)


Durante esse ano alfabetizei oitenta crianças, trabalhei com leitura e produção de textos com cinqüenta jovens. Consegui escrever uma cartilha Bilíngüe com os alunos e trouxe material suficiente para escrever um livro e produzir um cordel sobre essa experiência.

estante para carrinhosTerça-feira e já estamos no quarto dia daquele que é um dos melhores meses do nosso mercado com tantas obras finalmente chegando para nós. As mamães que optam por fazer uma decoração montessoriana no quarto de seus bebês podem fazer estantes no chão e dentro delas colocar brinquedo de seus filhos, só tem que haver cuidado de prendê-las bem na parede, porque quando bebê entra na fase de engatinhar e ficar em pé, ele vai usar as estantes para se apoiar e levantar.

Isso fez com que eu tivesse que moderar a presença de vidros na cristaleira como vocês podem ver nas fotos. Outro ponto não negociável para mim era a proteção das peças frente à poeira. Embora a cristaleira fosse bem fechada ainda restavam frestas entre as portas que permitiriam a entrada de poeira, ainda mais diante do fato de haver uma construção aqui perto de casa que manda verdadeiras nuvens de pó na direção das minhas janelas. Essa questão eu resolvi comprando uma tira adesiva em uma loja de materiais de construção específica para se vedar frestas. Essa tira possui pequenos pêlos em uma de suas faces. Como vocês podem identificar na última foto desta matéria, essa fita pode ser vista nas laterais das portas.

Quanto à IMAGEM 5, eu separei todas as partes que formam a estante (laterais, fundo, teto, base, prateleiras e portas de correr) para dar uma noção melhor de como é processo de montagem. Todas essas partes são parafusadas umas nas outras. Não use cola, peça ao seu marceneiro que elas sejam parafusadas sempre. Isso dará maior resistência.

custo para adquirir um desses vai depender da região onde você esta residindo, na internet as estantes são oferecidas por preços bem competitivos, mas valor do frete pode torná-las caras. Encomendar em sua região pode ser uma boa, no entanto, os preços cobrados pelo fabricante local pode deixá-las mais desinteressantes do que comprar via rede mundial de computadores. Aproveitar equipamentos existentes em casa podem minimizar os custos, por fim fazer um ambiente amplo totalmente dedicado fica muito legal como no caso do Billy Karam (imagem acima), mas deve ser feito com muito planejamento, pois em caso de desistência da coleção no futuro poderá complicar uso do mesmo para outras finalidades.

Sabe, eu não me considero muito um colecionador de HQ. Porque não sou tão cuidadoso com meus gibis. Eu me considero mais um entusiasta da nona arte porque, ao fim e ao cabo, esse processo não fica só no ato de empilhar e guardar revistas em quadrinhos. Eu reflito sobre eles, estudo eles, dou aula sobre eles, escrevo sobre eles, discuto eles, então acho que nesse caso termo colecionador acaba ficando muito reducionista.

Teve épocas que cheguei a gastar até mil reais num mês, isso foi loucura, aí caí na minha realidade, e agora compro as edições mensais, fiz a assinatura da Abril, paguei um ano e agora ganho dois anos de graça, 2013 e 2014. Um negócio muito bom. Mas estamos vivendo um boom nos quadrinhos Disney, então são muitos lançamentos todos os meses. Tem Disney Mega, Disney Jumbo, Disney Big, mais os lançamentos especiais e, logicamente, as revistas de linha. Enfim, não gasto menos de 150 reais por mês em quadrinhos. E ainda compro minhas estatuetas da loja americana Tfaw, aí vai mais uma grana.

Talvez a forma mais clássica de se guardar quadrinhos seja nos famosos saquinhos. Os ideais são os de Polipropileno, que apesar do nome esquisito, são bem fáceis de se encontrar hoje em dia. Esses saquinhos podem ser comprados em lojas especializadas, ou até no Mercado Livre. Eles existem em diversos formatos. Então você já pode comprar exatamente os que você precisa.

As estantes para quartos costumam ser muito utilizadas pelas pessoas mais organizadas já que suas prateleiras são abertas e se você for tipo de pessoa que tira uma coisa do lugar e sempre devolve no lugar errado, é melhor nem pensar em ter uma estante. A mesa toda preta é aquecida por cadeiras de vime com almofadas de diversas cores, bem como os objetos funcionais como copos e jogos americanos. Os livros sem fechamento também colorem ambiente. Alguns detalhes em cobre na mesa e na estante para vinil dão tom sofisticado.

estante para vinilA ideia da caixa-estante foi implementada ao Viagem pela Literatura, em 2002, com uma unidade. A partir de 2006, número foi aumentando até chegar às cinco atuais. De 2005 a 2011, as caixas-estantes foram responsáveis por 7730 empréstimos de livros em comunidades de Vitória que não possuem biblioteca.

É um tanto complicado falar sobre esse livro sem dar spoilers. Nessa adaptação de P. Craig Russell, a cada capítulo vamos acompanhar uma aventura de Nin pelo cemitério, desde sua chegada até ter dez anos. Cada capítulo é ilustrado por um desenhista diferente, cada qual dando sua versão dos personagens e dos cenários de acordo com timbre da narrativa.