Comentários do leitor

Ler Gibis Ou Comprar E Colocar Na Estante?

por Bianca Lima (2018-06-21)


estante para carrinhosPara organizar sua coleção de miniaturas, Erica comprou uma estante com um número fixo de nichos. Enfim, a novidade não tão nova agora é que a história de Fani e Leo irá parar nos quadrinhos em breve, sim, teremos um Graphic Novel da série. Vale lembrar, que a história dos HQs não estará na ordem cronológica dos livros, ou seja, não irá contar a história de Fazendo Meu Filme 1, e sim falará apenas da festa surpresa que Fani organiza para Leo, da qual não sabemos muita coisa, pois não é um acontecimento muito citado no livro. Apenas sabemos.

Quando sua coleção de HQs começa a crescer e você vai levando cada vez mais a serio a arte do colecionismo, surgem as primeiras dúvidas sobre como guardar sua coleção. Afinal, ninguém quer após tanto sacrifício e dinheiro investido que suas HQs comecem a amarelar, desbotar ou sejam destroçadas por traças. Pensando nisso resolvemos criar guia definitivo de como conservar quadrinhos.

Sempre procurei inserir algo de quadrinhos aqui na Collectors Room, e agora isso ficará ainda mais forte através da coluna Minha Estante, onde entrevistaremos colecionadores de quadrinhos e mostraremos os seus incríveis acervos, na linha do que já feito no Minha Coleção com os colecionadores de discos.

A ideia de um serviço de assinatura de livros não é exatamente nova. Quem foi criança na década de 70 ou 80 talvez se lembre do Círculo do Livro. Criado em 1973, Círculo era uma editora que enviava aos assinantes, periodicamente, uma revista promocional com informações sobre acervo e lançamentos. Quem participava tinha de escolher um determinado número de livros e os recebia em casa. As obras eram de alta qualidade, tanto editorial quanto gráfica, e os preços ficavam abaixo dos valores praticados na época.

Não se deve utilizar uma única medida padrão para tudo. Se pensar cada espaço para guardar tipo de quadrinho (tamanho, formato, etc) irá aproveitar muito mais armário e caberão mais quadrinhos e de forma mais organizada. Por isso que se chama: "móvel planejado", rsrsrs.

A espessura da barra é de 8 milímetros. É suficiente parar fazer uma viga da laje da sua casa, então fique tranquilo que ele vai aguentar peso de seus quadrinhos. Quando as duas pranchas de madeira estão coladas, esse vergalhão vai ficar entre elas na parte interna. É exatamente ele que vai impedir que a estante venha à envergar e ter aquela barriga que deixa um aspecto horrível. Importante ressaltar que vergalhão tem que ser de 2.0cm (dois centímetros) maior em cada um dos lados da prateleira. Essa parte que sobra" para fora da prateleira vai entrar dentro de cada lado da estrutura lateral da estante para discos de vinil.

A participação em eventos de encontro de colecionadores também é uma boa forma de encontrar aquele item que está faltando em sua coleção, e também claro, fazer um Networking com outros apaixonados pelo hobby, que vão poder te dar muitas outras dicas valiosas.

OPINIÃO: Leiturinha afirma que trabalha com quase todas as editoras do Brasil, com destaque para Ciranda Cultural e Girassol, conhecidas por comercializar livros baratos e, por isso, tem melhor preço. Não detalha quem são os profissionais que fazem a curadoria.

Clássico ou não, no meu caso é manter as intenções do autor. Penso que estou a serviço dele, de seus personagens. Minha regra básica é: posso cortar, mas não posso acrescentar. Adaptações não são espaços para que eu coloque minhas próprias ideias. Para isso tenho meus livros e roteiros originais. Para que isso funcione sem sofrimento basta manter um critério: só adaptar de sua autores e obras que admiro.

ponto mais alto deste tipo de colecionador, que podemos considerar um Hardcore 3, seria que há alguns colecionadores específicos que não se contentam somente com 1 jogo de cada da franquia e vão atrás das versões de cada idioma e ate versões greatets hits ou player choise só para tentarem ter realmente todos de cada, que doidera.

As peças são separadas como um quebra-cabeças e você monta da maneira que quiser, obedecendo determinadas larguras, alturas e encaixes que já vem prontos. Pode-se, por exemplo, regular a altura das prateleiras (veja na foto que as laterais da estante têm vários furos brancos para que se possa determinar a altura da prateleira).

Ok, ok, acho que até esse ponto você pode ter se convencido que livros funcionam como meio de comunicação. (Se ainda não estiver, mais um exemplo que mostra a proximidade da literatura com jornalismo e como ambos servem como canal de comunicação: Você sabia que alguns dos grandes clássicos da literatura brasileira foram publicados primeiramente em jornais? A Moreninha de Joaquim Manuel de Macedo é um exemplo. Publicado primeiramente como folhetim - praticamente um ancestral na nossa telenovela - esses livros alimentavam a curiosidade do público e só depois de muito tempo começaram a ser editados e publicados de forma integral, como conhecemos hoje). Agora me diz: Por que HQ não pode cumprir esse papel? Se que conta é estar no produto" jornal, podemos listar centenas de cartunistas que publicam em periódicos.