Comentários do leitor

Magneto Testamento (2009)

por Bianca Lima (2018-06-22)


E essa foi mais uma coleção sensacional de um de nossos leitores! Seria algo como Yanker, " Colecionador Misterioso" (também temos Usys)! Figuras muito maneiras, um gosto bastante diversificado e bem nostálgico! Também me surpreendi ao saber que pude contribuir para que alguém adquirisse uma figura por causa de algum review que fiz! São essas pequenas coisas que nos motivam a continuar escrevendo! Aproveitem e deem uma passada lá na estante para carrinhos miniaturas do Yanker, clicando nos links acima.

estantesAbaixo, segue uma das entrevistas que fiz para a matéria, com escritor e roteirista Ivan Jaf, autor do lançamento Dom Casmurro, da Editora Ática. Além de adaptar Dom Casmurro, Jaf transpôs para os quadrinhos histórias Cortiço, Guarani, A Escrava Isaura e Memórias de um Sargento de Milícias. Também adaptou obras de Edgar Alan Poe, Julio Verne e E.T.A. Hoffmann, entre outros.

Teve épocas que cheguei a gastar até mil reais num mês, isso foi loucura, aí caí na minha realidade, e agora compro as edições mensais, fiz a assinatura da Abril, paguei um ano e agora ganho dois anos de graça, 2013 e 2014. Um negócio muito bom. Mas estamos vivendo um boom nos quadrinhos Disney, então são muitos lançamentos todos os meses. Tem Disney Mega, Disney Jumbo, Disney Big, mais os lançamentos especiais e, logicamente, as revistas de linha. Enfim, não gasto menos de 150 reais por mês em quadrinhos. E ainda compro minhas estatuetas da loja americana Tfaw, aí vai mais uma grana.

Para organizar sua coleção de miniaturas, Erica comprou uma estante com um número fixo de nichos. Saudações caros leitores, a partir desse mês Estante do Yanker apresentará uma série de entrevistas com blogueiros que ajudam a divulgar nosso hobby, para iniciar esse projeto apresento amigo Zerocal, colecionador de Playmobil e moderador do Fórum PlayBrasilmobil.

A maioria dos colecionadores opta por definir a sua coleção por um tema. Tem gente que coleciona apenas miniaturas de uma determinada marca (Hot Wheels ou Greenlight, por exemplo), outros colecionam apenas de uma determinada montadora (Volkswagen, Audi, etc) e alguns colecionam apenas determinados modelos como Fuscas e Mustangs. Existem coleções imensas por aí apenas compostas somente de Mustangs.

Nao sou assinante , compro nas bancas e venho tendo tambem duvidas de como melhor expor minhas figuras. se bem que ja as exponho em duas prateleiras, mas como sao 200 aqui no pais, estou pensando em fazer um movel bacana, pois a coleçao merece nao e rs, tive a sorte de encontrar esse grupo em vc faz parque. minha esposa tambem curti as figuras pretento colocalas em uma prateleira com portas de vidro mas na parade tenho lampadas de croica na direçao onde ja estao minha coleçao mas quero polas protegidas com portas bom abraços espero que possamos trocar ideias sobre os marveis saude e paz.

Em 1948, a senhora Tea Bonelli pretendia modificar sua linha editorial, criando novas séries e parando com as meras reimpressões de histórias antigas, que já haviam esgotado seu público. Dessa forma, chama a Milão desenhista Aurelio Gallepini (que trabalhava para a Nerbini antes da guerra) e confia os textos a seu ex-marido, G.L. Bonelli, notável roteirista. Juntos, ambos criam duas séries: Occhio Cupo (série ambientada nos 700 norte-americanos, entre piratas e índios), carro-chefe da Editora (e que durou menos de um ano), e Tex, um western.

Dias se passaram, comigo pensando em como abordar novo conflito editorial da moda, Estética versus Qualidade, e em como Brasil está passando por isso nos quadrinhos, quando assunto são os encadernados. As parcerias entre roteiro e arte nessa coleção da Ática partem do editor, Fabrício Waltrick, que tem dom de acertar sempre. Eu e Rodrigo Rosa já fizemos três HQs juntos e nosso trabalho flui com uma naturalidade espantosa. Ele tem uma habilidade impressionante para mostrar os sentimentos dos personagens olhares, além de acrescentar detalhes e humor em cada quadro. É uma pessoa que claramente gosta do que faz. Mas nada disso daria certo se não contássemos com amparo dos editores, revisores, diagramadores… Estão todos lá na ficha técnica.

estantesA Mari, que padece do mesmo problema, com um pouco mais de entusiasmo por causa da sua organização, um dia desses me disse que estava pensando em doar seus livros da Chimamanda Ngozi Adichie para fazer a coleção nova da Companhia das Letras, com imagens de mulheres negras com cabelo trançado, em cores vivas (ainda não sabemos desfecho dessa história).

Os gibis foram têm seu nome proveniente de uma gíria do Sul do Brasil. Nada disso consegui me segurar são apenas 45 Km de Peixoto a Guarantã porém com a estrada de chão e esburacada mais rio para atravessar na balsa, demorava muito na viagem e mais uma vez a fome estava presente na minha vida. Se tinha algum dinheiro, precisava comprar comida para os filhos menores que ficavam em casa com pai alcoólatra, bebê eu levava, uma almofada para colocar ao meu lado no chão e na hora do almoço eu comia bolacha de água e sal com água do filtro, esse era meu alimento para amamentar bebê recém nascido.